Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

Estudo do Tabernáculo de Moisés- Parte lll



Salvação dos Pecadores
Revelada no Tabernáculo


(Continuação ll)


Deus Claramente Dividiu o Interior e o Exterior do Santuário



Assim como a maioria das casas tem cercas, o pátio do Tabernáculo também tinha uma cerca feita de 60 pilares rodeada pelas cortinas de linho fino branco. No leste do pátio, uma porta feita de fios azul, roxo, e escarlate e tecido que linho retorcido estava colocada para que todas as pessoas a vissem, medindo tanto como 9 m em largura.



Estudando o Tabernáculo, nós temos que perceber claramente qual é a fé brilhante que Deus quer de nós, que tipo de fé é a fé dos salvos, e, através dos materiais utilizados para o Tabernáculo, ver como nosso Deus nos salvou. Para aprender qual é a fé dourada e brilhante dentro do Santuário, nós temos que olhar primeiro cuidadosamente para a pia, o altar de holocausto, e a cerca que foi colocada no pátio exterior do Tabernáculo, e todos os materiais utilizados para ele. Fazendo assim, nós podemos descobrir com que tipo de fé nós podemos entrar no Santuário de ouro brilhante e resplandecente.

O que estava no pátio exterior do Tabernáculo? Estava a pia e o altar de holocausto. E estava rodeada por 60 pilares de madeira, e sobre esses pilares foram colocadas às cortinas de linho fino na cerca do pátio. Os pilares desta cerca eram feitos de madeira de acácia que, apesar de sua robustez, era muito leve. Os pilares feitos desta madeira tinham aproximadamente 2.25 m de altura, tornando impossível para a maioria das pessoas com altura normal espiar dentro do interior do Tabernáculo de fora da cerca do pátio exterior. Se algo fosse colocado para pisar em cima, uma pessoa poderia possivelmente ver dentro do pátio, mas sem tal ajuda, era impossível espiar dentro. Isto nos fala que por nossos próprios esforços artificiais, nós não podemos nunca entrar no Reino de Deus. Nas bases dos pilares de madeira do pátio exterior, foram colocadas bases de bronze, e as partes de cima tinham capas prateadas. Como os pilares não podiam se sustentar por si mesmos fitas de prata firmavam os pilares adjacentes uns aos outros. E para apoiar os pilares firmemente em direção cruzada, os ganchos colocados na cobertura prateada eram amarradas com as cordas (Êxodo 35:18).


Quais foram os Materiais Usados para a porta do Pátio do Tabernáculo?



Os materiais usados para a porta do pátio do Tabernáculo eram os fios azuis, roxo, e escarlate e tecido de linho retorcido. A altura da porta era 2.25 m, e sua largura era aproximadamente 9 m. Era uma tela tecida de fios azul, roxo, e escarlate e tecido de linho retorcido que era pendurado sobre quatro pilares. Como tal, sempre que a pessoa tentasse entrar no pátio do Tabernáculo, ele/ela poderiam facilmente achar a porta.




Os materiais de fio de cor azul, roxo, e escarlate e o tecido de linho retorcido usados para a porta do Tabernáculo manifestavam que Deus nos salvaria de todos nossos pecados através das quatro obras de Seu Filho Jesus. Todos os 60 pilares de madeira e o linho fino da cerca do pátio do Tabernáculo também manifestavam claramente por que método Deus salvaria a mim e a você de nossos pecados pelo Filho Jesus.




Pela porta do pátio exterior do Tabernáculo, em outras palavras, Deus está revelando o mistério de salvação claramente a nós. Nos deixe revisar os materiais usados para a porta do pátio do Tabernáculo uma vez mais: fios azul, roxo, e escarlate e tecido de linho retorcido. Esses quatros fios são extremamente importantes para nós sermos salvos crendo em Jesus. Se estes materiais não fossem importantes, a Bíblia não os teria registrado com tanto detalhe.




Todos os materiais usados para a porta do pátio do Tabernáculo eram absolutamente necessários para que Deus nos salvar. Porém, o fato de que a porta foi tecida dos fios azul, roxo, e escarlate e o tecido de linho retorcido sem falha que é de importância extrema por Deus salvar os pecadores, porque esses quatros fios eram a mesma revelação da salvação perfeita de Deus. Assim como Deus determinou. É por isso que Deus mostrou o modelo do Tabernáculo a Moisés no Monte Sinai e lhe disse que fizesse a porta do pátio do Tabernáculo com adequadamente.




Quais São os Significados dos Fios Azul, Roxo, e Escarlate e o tecido de linho retorcido?

A porta do Santo Lugar foi feita de uma cortina tecida de fios azul, roxo, e escarlate e tecido de linho retorcido, e o véu entre o Santo Lugar e o Santo dos Santos também foi tecido desses quatros fios. Não só isto, mas também foi tecido o éfode e o peitoral do Sumo Sacerdote também que também foi tecido por esses fios azul, roxo, e escarlate e tecido de linho retorcido. O que, então, nos diz os fios azul, roxo, e escarlate e o tecido de linho retorcido? O que diz exatamente a nós esses fios azuis, roxo, e escarlate e tecido de linho retorcido que eram absolutamente necessários para nosso Deus nos salvar? Nós temos que ter certeza de examinar este assunto cuidadosamente.


Em primeiro lugar, a fio azul nos fala do batismo de Jesus Cristo. Aqueles que ignoram a importância de batismo não sabem que a fio azul se refere ao batismo de Jesus Cristo. Como tais esses que não nascem de novo geralmente afirmam que o significado do fio azul é, “Jesus Cristo é o próprio Deus, e Ele veio a esta terra na semelhança de homem”. Por outro lado, outros afirmam, “a fio azul só significa a Palavra”. Porém, a Bíblia nos fala que o fio azul significa “o batismo de Jesus pelo qual Ele aceitou os pecados do mundo sobre Si mesmo depois de vir a esta terra”. As Escrituras nos mostram claramente que a fio azul se refere à água do batismo que Jesus recebeu de João Batista. Lendo a Palavra sobre o Tabernáculo, eu vim perceber, “Logo vi, Deus quer nos mostras a importância de nossa fé no batismo de Jesus”.




A veste usada pelo Sumo Sacerdote enquanto dava a oferenda também foi tecido de fio azul. Uma lâmina de ouro foi pendurada no turbante que o Sumo Sacerdote usava sobre sua cabeça, e a corda que amarrava a lâmina também era azul. E sobre esta lâmina de ouro, a frase, “ Santidade ao Senhor”, estava gravada. Podemos ver que a corda azul que amarrava o prato de ouro no turbante do Sumo Sacerdote claramente manifestava o batismo de Jesus que dá santidade ao Senhor.




Deste modo, através da corda azul que amarrava a lâmina de ouro ao turbante, Deus fala conosco de nossa verdadeira salvação. Em outra palavra, a chave que nos dá santidade é azul, e este é o batismo de Jesus. Embora a cor geralmente azul nos faz lembrar do céu, o azul não só se refere a Deus. Do azul, roxo, e escarlate e o tecido de linho retorcido, o fio azul seguramente se refere ao batismo de Jesus Cristo. Posto de outra maneira, o fio azul nos fala que Jesus Cristo levou os pecados de todos os pecadores deste mundo sendo batizado (Mateus 3:15). Se Jesus não tivesse levado os pecados de todo o mundo sendo batizado, nós os crentes não poderíamos ser revestidos da “santidade ao Senhor”. Se não fosse pelo batismo que Jesus recebeu, nunca poderíamos ser revestidos em santidade diante de Deus.




Você sabe o significado espiritual da ordem de Deus para tecer a porta do pátio do Tabernáculo com fio azul de acordo com o formato mostrado a Moisés? A porta do pátio que conduz ao Tabernáculo onde Deus habitava se refere a Jesus Cristo. Ninguém pode entrar no Reino de Céu, senão só através de Jesus Cristo. A porta do pátio que se refere a Jesus foi tecida de fios azul, roxo, e escarlate e tecido de linho retorcido, já que Deus queria revelar a verdade que nos conduz a nossa salvação. A fio roxo refere-se ao Espírito Santo, dizendo-nos, “Jesus é o Rei dos reis”. O fio escarlate refere ao sangue que Jesus derramou na Cruz. A fio azul, como a pouco se mencionou, refere-se ao batismo que Jesus recebeu de João Batista.




Os fios azuis, roxo, e escarlate nos falam do batismo de Jesus, a encarnação de Deus, e Sua morte na Cruz. As obras de Jesus manifestadas nestes três fios nos dão a fé que nos permite ir diante de Jeová em santidade. Jesus, o próprio Deus, veio a esta terra na semelhança de homem, levou as iniqüidades dos pecadores no Seu próprio corpo sendo batizado, e no lugar de outro agüentou a condenação de todos os pecados e maldições através do derramamento de sangue—Isto é, este é mesmíssimo mistério espiritual dos fios azul, roxo, e escarlate.




Talvez você tenha pensado no fio azul como manifestação de Deus ou de Sua Palavra. Mas você tem que crer agora claramente que a fio azul na verdade se refere ao batismo de Jesus Cristo. O batismo pelo qual Jesus aceitou todos nossos pecados passados sobre Ele é de extrema importância e não pode ser excluído de Suas obras; como tal, desde o Tabernáculo do Antigo Testamento, Deus está nos falando de Sua importância.




Batismo Foi o Meio pelo Qual Jesus Levou Nossos Pecados
Foram feitos os pilares da cerca do Tabernáculo de madeira de acácia. Foram colocadas bases de bronze ao sobre esses pilares, e lâminas prateadas foram colocadas sobre deles. Isto nos fala primeiro que os pecadores devem ser julgados pelos seus pecados. Sós aqueles que foram julgados uma vez pelos seus pecados podem ser salvos. Aqueles que ainda não foram julgados, todavia e que, portanto não são salvos, não podem evitar ser condenados para levar o castigo eterno de seus pecados quando se apresentarem diante de Deus.




Como está escrito, “ porque o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23), os pecadores certamente serão sujeitos ao terrível juízo de Deus por seus pecados. Portanto, os pecadores devem ser julgados uma vez por Deus, e então viver de novo sendo revestidos em Sua Graça. Isto é o que significa nascer de novo. A fé do fio azul, em que Jesus Cristo levou todos nossos pecados sobre Ele através de seu batismo, e na fé do fio escarlate, que Jesus libertou todos os pecadores sendo julgado na Cruz ╺ nenhuma outra fé nos faz morrer uma vez em nossos pecados e nascer de novo. Você tem que perceber que a condenação eterna espera somente àqueles que, por causa de sua incredulidade, não podem passar atravessar do juízo em fé.




O batismo de Jesus era o meio pelo qual Cristo levou todos nossos pecados para nos salvar. Jesus foi batizado por João Batista para levar todos nossos pecados sobre Ele. Jesus é o próprio Deus, e ainda assim nos salvou. Ele veio a esta terra na semelhança de homem, tomou as iniqüidades dos pecadores sobre Si mesmo sendo batizado por João Batista, o representante da humanidade, e em lugar de outro foi condenado em favor dos pecadores dando Seu próprio corpo sobre a Cruz e derramando água e sangue. A porta do pátio do Tabernáculo não está nos falando em detalhes sobre as obras que Jesus realizou como nosso Salvador. Pela porta do pátio do Tabernáculo, Deus está nos falando claramente que Jesus se tornou o Salvador dos pecadores.




O tecido de linho retorcido se refere à Palavra dos Antigo e Novo Testamentos que é bastante detalhada, e encaixa uma com a outra. Qual complexo seria tecer cada fio para fazer este tecido de linho retorcido? Através desse tecido de linho retorcido, Deus está nos falando em detalhes como Ele nos salvou.




Quando olhamos para tapetes, nós vemos que eles são tecidos usando diferentes fios. Dessa maneira, Deus disse para os Israelitas que fizessem a porta do pátio do Tabernáculo tecendo fios azul, roxo, e escarlate sobre tecido de linho retorcido. Isto nos diz que Jesus que veio a nós pela água (batismo), o sangue (a Cruz), e o Espírito santo (Jesus é Deus), que estão escondidos na complexa Palavra de Deus, é a mesma porta de nossa salvação. Tendo a correta fé em Jesus Cristo que é revelada na complexa Palavra de Deus e sendo revestido em Seu amor, agora nós temos sido salvos totalmente através da fé.




Jesus Cristo não nos salvou a casualmente. Podemos ver isso quando nós vemos o Tabernáculo. Jesus tem salvado aos pecadores cuidadosamente. Ele tem nos salvo quando vemos os pilares da cerca. Por que, de todos os números, o número dos pilares é 60? É porque o número 6 se refere ao homem, enquanto o número 3 se refere a Deus. Em Apocalipse 13, aparece à marca 666, e Deus nos fala que este número é o número da Besta, e que os sábios conhecem o mistério deste número. Então, o número 666 significa que o homem age como Deus. Qual é o desejo da humanidade? Acaso não é chegar a ser como um ser divino perfeito? Se nós quisermos nos tornar como um ser divino verdadeiramente, então nós devemos nascer de novo crendo em Jesus e temos que nos tornando filhos de Deus. Os 60 pilares se referem a essa cuidadosa implicação.




Porém, em vez de ter fé, as pessoas cometem o ato mau e orgulhoso, de tentar serem participantes da natureza divina pelos seus próprios esforços. Não há outra razão mais que essa pela qual a pessoa reinterpreta toda a Palavra de acordo com a luxúria do homem e a crença herética de pensamentos feitos por eles, porque eles não têm fé, mas só a luxúria que permanece contra Deus. Por causa dessa luxúria da carne que tentam se fazer completos por si mesmos e alcançar a perfeição de sua carne, terminam distante da Palavra de Deus. A Palavra de Salvação




Revelada em Todos os Artigos do Tabernáculo




Para Jesus Cristo salvar os pecadores e os levar ao Santuário, todos os utensílios e materiais do Tabernáculo eram necessários. O altar de holocausto era necessário, a pia era necessária, e os pilares, as bases de bronze, as placas prateadas, os ganchos e fitas prateadas também eram todo necessárias. Todas essas coisas são os utensílios que foram do Santuário, e seus materiais eram todos necessários para converter um pecador em justo.




Todas essas coisas eram necessárias para permitir aos pecadores entrar e morar no Reino de Deus, mas o mais importante entre eles era o fio azul (o batismo de Jesus). Os fios azuis, roxo, e escarlate foram usados para fazer a porta do pátio do Tabernáculo. Esses fios se referem às três obras de Jesus que são necessárias por nós ao crer em Deus. Primeiro Jesus veio a esta terra e levou todos nossos pecados sobre Si Mesmo com o Seu batismo; segundo Jesus é Deus (Espírito); e terceiro, Jesus morreu na Cruz para levar a condenação de todos os pecados que Ele aceitou sobre Si Mesmo por João no Rio Jordão. Esta é a ordem correta da verdadeira fé de que é preciso para o pecador ser salvo e se tornar justo.




Quando nós lemos a Bíblia, podemos perceber quão complexo é nosso Deus. Podemos descobrir claramente que Aquele que tem nos salvo tão cuidadosamente, fio por como o fino fio tecido, não é outro que senão o próprio Deus. Além disso, Deus fez com que os Israelitas construíssem a porta do pátio do Tabernáculo tecendo fios azul, roxo, e escarlate sobre o tecido de linho retorcido que tinha 9 metros de largura. Como tal Deus teve certeza que qualquer um que olhasse para o Tabernáculo, até mesmo de longe, poderia discernir a porta do pátio do Tabernáculo.




As cortinas penduradas em cima dos pilares do pátio do Tabernáculo de linho branco fino manifestam a santidade de Deus. Como tal, nós podemos perceber que os pecadores não podem ousar se aproximar do Tabernáculo, e que eles só podem entrar em seu pátio quando são salvos crendo nos ministérios de Jesus manifestados nos fios azul, roxo, e escarlate tecidos na porta do pátio do Tabernáculo. Dessa maneira, Deus permitiu aos pecadores saberem que Jesus Cristo apagado todos seus pecados e os salvou pela água, o sangue, e o Espírito Santo.




Não só isto, mas os materiais de todos os artigos que compõem o Tabernáculo, inclusive a porta de seu pátio, também mostram para nós a complexidade da Palavra necessária por Deus para converter os pecadores e torná-los justos. Porque Deus disse para os Israelitas que fizessem a porta do pátio do Tabernáculo grande o suficiente para todos a encontrassem, e porque esta porta foi feita com um tecido complexo de fios azul, roxo, e escarlate sobre linho fino, Deus permitiu a todos compreenderem o mais importante da que podem converter os pecadores em justo.




A porta do pátio do Tabernáculo nos fala que Deus nos tem salvado completamente, que estávamos como madeira de acácia, de pecados pelo fio azul (o batismo de Jesus), o fio escarlate (o sangue na Cruz), e o fio roxo (Jesus é Deus). Deus determinou que só os que claramente crêem nisso podem entrar no Santuário, a Casa de Deus.




















































publicado por pauloescriba às 09:54
link do post | comentar | favorito

Estudo do Tabernáculo de Moisés - Parte ll

A salvação dos Pecadores
Revelada no Tabernáculo de Moisés
< Êxodo 27:9-21 >
“Farás também o átrio do tabernáculo; ao lado meridional (que dá para o sul), o átrio terá cortinas de linho fino retorcido; o comprimento de cada lado será de cem côvados. Também as suas vinte colunas e as suas vinte bases serão de bronze; os ganchos das colunas e as sua vergas serão de prata. De igual modo, para o lado norte ao comprido, haverá cortinas de cem côvados de comprimento; e as suas vinte colunas e as suas vinte bases serão de bronze; os ganchos das colunas e as suas vergas serão de prata. Na largura do átrio para o lado do ocidente, haverá cortinas de cinqüenta côvados; as colunas serão dez, e as suas bases, dez. A largura do átrio do lado oriental (para o levante) será de cinqüenta côvados. As cortinas para um lado da entrada serão de quinze côvados; as suas colunas serão três, e as suas bases, três. Para o outro lado da entrada, haverá cortinas de quinze côvados; as suas colunas serão três, e as suas bases, três. À porta do átrio, haverá um reposteiro de vinte côvados, de estofo azul, e púrpura, e carmesim, e linho fino retorcido, obra de bordador; as suas colunas serão quatro, e as suas bases, quatro. Todas as colunas ao redor do átrio serão cingidas de vergas de prata; os seus ganchos serão de prata, mas as suas bases, de bronze. O átrio terá cem côvados de comprimento, e cinqüenta de largura por todo o lado, e cinco de altura; as suas cortinas serão de linho fino retorcido, e as suas bases, de bronze. Todos os utensílios do tabernáculo em todo o seu serviço, e todas as suas estacas, e todas as estacas do átrio serão de bronze. Ordenarás aos filhos de Israel que te tragam azeite puro de oliveira, batido, para o candelabro, para que haja lâmpada acesa continuamente. Na tenda da congregação fora do véu, que está diante do Testemunho, Arão e seus filhos a conservarão em ordem, desde a tarde até pela manhã, perante o SENHOR; estatuto perpétuo será este a favor dos filhos de Israel pelas suas gerações.”

A cerca retangular do pátio do Tabernáculo media 100 cúbitos de comprimento. Na Bíblia, um cúbito se estabelecia como o comprimento que estende do cotovelo da pessoa à ponta do dedo dele, aproximadamente 45 cm na medida de hoje. Como desta maneira, a cerca do pátio do Tabernáculo era de 100 cúbitos de comprimento que era aproximadamente 45 m, e que sua largura era 50 cúbitos que era aproximadamente 22.5 m de extensão. Assim este era o tamanho da Casa na qual Deus habitava entre o povo de Israel no tempo do Antigo Testamento.


O Pátio Exterior do Tabernáculo Era Rodeado por uma Cerca

Você viu um modelo do Tabernáculo em um quadro ou pintura alguma vez? Falando em termos gerais, o Tabernáculo foi dividido entre o pátio e o próprio Tabernáculo, a Casa de Deus. Nesta Casa de Deus, o Tabernáculo, havia uma estrutura pequena chamada Santuário. O Santuário estava coberto por quatro coberturas diferentes: uma cobertura de tecido de linho retorcido e fios azul, roxo, e escarlate; outra de peles de cabras; esta de pele de cordeiro tingida de vermelho; e uma cobertura de peles.
Ao lado do pátio do Tabernáculo se encontrava a porta, tecida de fios de cor azul, roxo, e escarlate e tecido de linho retorcido. Entrando nesta porta, nós teríamos visto o altar de holocausto e a pia. Passando a pia, nós teríamos visto o próprio Tabernáculo então. O Tabernáculo foi dividido no Santo Lugar e o Santo dos Santos, onde a Arca de Deus do Testemunho estava. A cerca do pátio do Tabernáculo foi construído com 60 pilares com reposteiros de linho fino branco. Por outro lado, o próprio Tabernáculo foi construído com 48 tábuas e 9 pilares. Nós precisamos ter uma idéia geral das características externas do Tabernáculo, pelo menos para poder entender o que Deus está falando conosco através seu formato.

Deus habita dentro do Tabernáculo construído com 48 tábuas. Deus manifestou a presença dele de dia às pessoas de Israel com o pilar de nuvem e que de fogo de noite sobre o Tabernáculo. E dentro do Santuário onde o próprio Deus habita, a glória de Deus encheu o lugar. Dentro do Santo Lugar, havia a mesa de pão, o candelabro, e o altar de incenso, e dentro do Santo dos Santos, havia a Arca do Concerto e o propiciatório. Estes eram áreas proibidas para o povo em geral de Israel; só o sacerdote e o Sumo Sacerdote poderiam entrar nos lugares de acordo com o sistema do Tabernáculo. Está escrito, “ Ora, depois de tudo isto assim preparado, continuamente entram no primeiro tabernáculo os sacerdotes, para realizar os serviços sagrados; mas, no segundo, o sumo sacerdote, ele sozinho, uma vez por ano, não sem sangue, que oferece por si e pelos pecados de ignorância do povo” (Hebreus 9:6-7). Isto nos fala que na era atual, só aqueles que têm a fé de ouro que crê no evangelho da água e o Espírito podem viver as suas vidas com Deus enquanto servem a Ele.


Qual é o significado do pão sobre a mesa de pães? Significa a Palavra de Deus. O que significa o altar de incenso do altar? Nos fala das orações. Dentro do Santo dos Santos, havia a Arca do Concerto, e o propiciatório, feito de ouro puro, seja colocado por cima da Arca. Em cima os Querubins com suas asas abertas cobrindo o propiciatório com as suas asas, e eles estavam um de frente para o outro sobre o propiciatório. Este era o propiciatório, o lugar onde a graça de Deus era concedida. Dentro da Arca do Concerto, as duas tábuas de pedra nas quais os Dez Mandamentos foram gravados, a vara de Aaron, e um jarro cheio de maná. A Arca estava coberta por um ouro (o propiciatório), e sobre este os Querubins olhando para baixo para o propiciatório.

Onde Vivem Esses que Recebem a Remissão do Pecado?

O lugar onde vivem esses que recebem a remissão de pecado está dentro do Santuário. O Santuário foi construído com 48 tábuas, todas elas estavam revestidas com ouro. Pense nisto. Quando você está olhando para a parede dourada não de apenas um punhado, mas de 48 tábuas douradas, que tanto brilharia? Como o interior do Santuário e todos seus utensílios foram feitos deste modo de puro ouro dentro, eles brilhavam intensamente.
O altar de holocausto e a pia no pátio exterior do Tabernáculo eram todos feitos de bronze, e a cerca do pátio foi feita de pilares revestidos com prata e linho fino branco. Em contraste, foram feitos todos os utensílios dentro do Santuário de ouro; o candelabro era dourado, e assim era a mesa de pão. Assim como todos os artigos no Santuário e as três paredes foram feitos de puro ouro, o interior do Santuário sempre brilhava intensamente com um dourado radiante.

Como o interior do Santuário brilhava assim intensamente com um dourado resplandecente nos fala que os santos salvos vivem suas preciosas vidas de fé dentro da Igreja de Deus. Os santos que vivem em sua fé no evangelho da água e o Espírito são como o puro ouro achado no Santuário. A vida que tais santos vivem dentro do Santuário é a vida santificada que habita na Igreja, se alimenta da Palavra de Deus, ora e O adora, e vai diante do trono de Deus e está revestido todos os dias de Sua graça, tudo através da Igreja. Esta é a vida de fé dentro do Santuário. Você tem que levar isto em seu coração que só os justos que foram salvos pelo evangelho da água e o Espírito pode viver esta vida preciosa de fé dentro do Santuário.










publicado por pauloescriba às 04:07
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

Como ser usado por Deus neste Natal e em 2007- Pr. Rick Warren


Deus não é arbitrário quando escolhe alguém para usar.



A Bíblia diz: "Deus está procurando pessoas para usar". E se você for “usável”, Deus o usará abundantemente. Até que experimente ser usado por Deus para abençoar alguém, você ainda não viveu realmente.



Alguns de vocês estão falando: “Deus nunca poderia me usar”. Você está errado, extremamente errado! Não apenas Deus pode usá-lo, mas Ele deseja usá-lo.



Olhe para Maria, a mãe de Jesus. Existem muitos conceitos errados sobre ela. A Bíblia não fala para nós a adorarmos. Também não fala que ela era perfeita ou sem pecado. Na verdade, o que é especial à respeito de Maria é sua simplicidade. Deus escolheu uma mulher simples e a usou de maneira extraordinária. Isto é o que a faz especial.



Maria tinha todos os tipos de medo, mas ela nunca deixou que seus medos a controlasse. Ao invés disso, ela é exemplo de 3 atributos que você precisa ter em sua vida para que Deus possa usá-lo. Se você os desenvolverem em sua vida, verá Deus usando-o de formas inimagináveis.



1. Deus usa pessoas que querem fazer Sua vontade.Pastor, se quiser ser usado por Deus, você precisa querer fazer a vontade de Deus mais do que qualquer outra coisa. Deus tem um plano para você, mas não é automático. Você deve escolher cooperar com os propósitos de Deus em sua vida ou perderá a oportunidade. Há duas atitudes de Maria que demonstraram, claramente, que ela queria ser usada por Deus. E são bons atributos para nós emitarmos também.



• Entusiasmo. Logo depois que o anjo falou para Maria que ela daria à luz ao Messias, ela disse: “A minha alma anuncia a grandeza do Senhor. O meu espírito está alegre por causa de Deus, o meu Salvador (Lucas 1.46-47 NTLH). Isto se parece com alguém que está forçando o riso e grávida? Claro que não! Nada grandioso é feito sem entusiasmo. Deus quer que você seja um participante entusiasta em seu plano.



• Humildade. Então, ela diz: “Pois ele lembrou de mim, sua humilde serva!” (Lucas 1.48 NTLH). Nenhum de nós merece ser usado por Deus. Todos nós somos troféus da graça de Deus. Maria entendeu isso. Deus trabalha em nossas vidas e nos abençoa porque Ele assim deseja, não porque merecemos. Nós mostramos a Deus que queremos fazer sua vontade quando somos humildes.O que você mais quer na vida? Se casar? Ser financeiramente independente, ganhar 1 milhão? Se aposentar? Você precisará de um propósito maior para a vida, do contrário perderá o barco! Alguns destes podem até ser alvos admiráveis, mas não são propósitos para a vida. Na verdade, existe somente um lugar para começar quando se descobre o propósito de Deus para sua vida. " Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas (Mateus 6.33). Começa com o desejo.



2. Deus usa pessoas que decidem pagar o preço.



Há sempre um preço a ser pago para seguir o plano de Deus para sua vida. Você terá que abrir mão de alguma coisa. E sempre haverá riscos que exigirá que você dê um passo de fé. Isto é apenas parte de ser usado por Deus.



Maria fez isto. Ela decidiu tentar, arriscar e pagar o preço. Em Lucas 1.38, ela diz: " Sou serva do Senhor; que aconteça comigo conforme a tua palavra”. (Lucas 1.38) Maria estava disposta a fazer qualquer coisa, a despeito do preço. Deus sabia disso. Esta é uma das razões pela qual Deus a usou de forma poderosa.



Você pode imaginar o que custou a Maria ser a mãe de Jesus?



• Sua reputação. Ela era virgem. Estava grávida. Estava comprometida com José. Como explicar isto para todos na comunidade?



• Seu conforto. A Bíblia disse que Jesus tinha que nascer em Belém. Ela estava em Nazaré. O que você acha de estar grávida de nove meses e fazer uma longa viagem montada em um burro? Acha que isto foi confortável? O propósito de Deus para minha vida inclui alguns problemas. Eles não são casuais. Fazem parte do plano. E isto é parte do preço a ser pago.



3. Deus usa pessoas que ousam confiar nas Suas promessas.



Maria era uma mulher de fé profunda. Ela não tinha todas as respostas, mas sabia quem tinha e confiou nEle. Maria era uma mulher que não tinha medo do sobrenatural. Ela não tinha medo dos milagres. A razão pela qual Deus não faz milagres em sua vida é porque você não espera que Ele o faça. Você vive a “espiritualidade segura”. Quando foi a última vez que esperou para comprar alguma coisa, apenas orou e deu uma chance para Deus dá-lo a você antes que comprasse? Deus usa pessoas que ousam confiar em Suas promessas.



Maria tinha todas as razões do mundo para ficar preocupada. Ela carregaria uma grande responsabilidade. Mas, ao invés de se preocupar, Maria adorou ao Senhor. Na verdade, ela cantou uma música de adoração a Deus em Lucas 1. Por que? Ela ousou confiar nas Suas promessas.



A prima de Maria entendeu isto. Isabel falou para ela: " Feliz é aquela que creu que se cumprirá aquilo que o Senhor lhe disse!” (Lucas 1.45 NTLH)



Conclusão



Se Deus pode pegar uma garota adolescente, uma pobre adolescente camponesa sem nenhum formação acadêmica e escolhê-la para ser a mãe de Jesus Cristo, você não acha que suas desculpas para Deus não o usar são muito fracas?



Muitos de vocês tem um potencial espiritual enorme, você apenas não vê isso, mas Deus vê. Ele te deu dons espirituais, paixões, habilidades, personalidade e experiências. Ele não queria que usassem isso para si próprios. Um dia, estará diante de Deus e Ele dirá: "O que você fez com aquilo que te dei?" Qual será sua resposta?



É época de Natal. Deixe-me fazer uma pergunta bem pessoal: “O que você vai dar para Jesus de Natal?” É seu aniversário. Você comprou presentes para todo mundo, normalmente você compra presente para o aniversariante. O que você pode dar para Deus?



Você mesmo.Fale para Deus neste Natal: "Eis me aqui. Tudo que sou – a parte boa, ruim e a feia. Faça o que quiser comigo. Sou seu em 2007."


publicado por pauloescriba às 17:18
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2007

...


Discipulado: Transformados pelos problemas
Rick Warren - (Trad. Erasmo Vieira)

Deus tem um propósito por trás de todos os problemas." pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles." 2 Co 4:17 (NVI)Deus usa as circunstâncias para desenvolver nosso caráter. De fato, Ele depende das circunstâncias para nos moldar na semelhança de Cristo mais até que na Bíblia, porque nós enfrentamos problemas 24 horas por dia. Mesmo que você gaste 3 horas por dia em leitura bíblica, ainda assim sobram 21 horas de circunstâncias que Deus pode usar.
Jesus nos adverte que teremos problemas no mundo. Tiago acrescenta que eles são imparciais, imprevisíveis e aparecem em diferentes sabores, e Pedro nos assegura que eles são normais. Ninguém está imune à dor ou livre do sofrimento, e ninguém passa pela vida livre de problemas. A vida é uma série de problemas."Meus queridos amigos, não fiquem admirados com as duras provas de aflição pelas quais vocês estão passando, como se alguma coisa fora do comum estivesse acontecendo." 1 Pe 4:12 (LH)
Você deve esperar quatro tipos de problemas na vida.
* Provações são designadas por Deus para nos levar para perto dEle e constroem nosso caráter. * Tentações são determinadas pelo Diabo para nos levar para distante deDeus tem um propósito por trás de todos os problemas." pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles." 2 Co 4:17 (NVI)Deus usa as circunstâncias para desenvolver nosso caráter. De fato, Ele depende das circunstâncias para nos moldar na semelhança de Cristo mais até que na Bíblia, porque nós enfrentamos problemas 24 horas por dia. Mesmo que você gaste 3 horas por dia em leitura bíblica, ainda assim sobram 21 horas de circunstâncias que Deus pode usar.
Jesus nos adverte que teremos problemas no mundo. Tiago acrescenta que eles são imparciais, imprevisíveis e aparecem em diferentes sabores, e Pedro nos assegura que eles são normais. Ninguém está imune à dor ou livre do sofrimento, e ninguém passa pela vida livre de problemas. A vida é uma série de problemas."Meus queridos amigos, não fiquem admirados com as duras provas de aflição pelas quais vocês estão passando, como se alguma coisa fora do comum estivesse acontecendo." 1 Pe 4:12 (LH)
Você deve esperar quatro tipos de problemas na vida.
* Provações são designadas por Deus para nos levar para perto dEle e constroem nosso caráter. * Tentações são determinadas pelo Diabo para nos levar para distante de Deus e destruir nosso caráter. * Transgressões são dores causadas pelos pecados dos outros.* Dificuldades e problemas são geralmente, mas nem sempre, conseqüências de nossas escolhas pecaminosas. Provérbios nos dá uma lista longa de pecados que nos trazem problemas, como a impaciência, desonestidade, egoísmo, temperamento agressivo, e até mesmo o falar em demasia. Também nos diz que a sabedoria nos previne dos problemas. Em qualquer tempo que ignoremos os princípios de Deus, nós eventualmente sofreremos as conseqüências. Sempre o que semeamos, ceifaremos.Deus nos deu a liberdade para fazer escolhas, mas nós não somos livres para também escolher as conseqüências dessas escolhas. Davi orou: "Estou cercado de muitas tribulações... Meus pecados me dominam". As pessoas geralmente confundem estes quatro tipos de problemas acusando Deus pelas conseqüências naturais de suas escolhas erradas, ou acusam o Diabo pelas circunstâncias que foram realmente planejadas por Deus. Deus nunca nos tenta a pecar, mas Ele testa nosso caráter continuamente. Quando você se defrontar com um problema, tente, primeiramente, determinar qual é a fonte que origina tal problema. Jonas se deparou com uma tempestade porque ele desobedeceu a Deus. Paulo se deparou com uma tempestade porque outros desobedeceram a Deus. Mas os discípulos enfrentaram uma tempestade porque haviam obedecido a Deus! As tempestades de sua vida podem ser uma prova, uma tentação, uma transgressão, ou conseqüência de dificuldades. Cada uma delas requer diferentes respostas.Se você for o responsável pela sua dificuldade, você precisa se arrepender. Se for uma tentação de Satanás, você deve resistir. Se for uma ofensa de outros contra você, então você precisa liberá-la através do perdão. Mas se o problema for uma provação de Deus, você precisa relaxar e confiar em Deus. A despeito da fonte, nenhum de nossos problemas pode acontecer sem a permissão de Deus. Tudo que acontece na vida de um filho de Deus é filtrado pelo Pai, Ele deseja usar isso para o bem, mesmo quando Satanás e outros queiram usar para o mal. A fonte de seu problema não é problema para Deus; Ele vai usar tudo isso para seu bem e para seu crescimento se você confiar nEle.Porque Deus é soberano quanto ao controlar, acidentes são apenas incidentes nos planos de Deus para você. Porque cada dia de sua vida foi escrito no calendário de Deus antes que você nascesse (Salmo 139:16), cada dia é importante. Tudo que acontece com você tem significação espiritual. Tudo mesmo! Romanos 8:28-29 explica o porquê:?"Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de ac Deus e destruir nosso caráter. * Transgressões são dores causadas pelos pecados dos outros.* Dificuldades e problemas são geralmente, mas nem sempre, conseqüências de nossas escolhas pecaminosas. Provérbios nos dá uma lista longa de pecados que nos trazem problemas, como a impaciência, desonestidade, egoísmo, temperamento agressivo, e até mesmo o falar em demasia. Também nos diz que a sabedoria nos previne dos problemas. Em qualquer tempo que ignoremos os princípios de Deus, nós eventualmente sofreremos as conseqüências. Sempre o que semeamos, ceifaremos.Deus nos deu a liberdade para fazer escolhas, mas nós não somos livres para também escolher as conseqüências dessas escolhas. Davi orou: "Estou cercado de muitas tribulações... Meus pecados me dominam". As pessoas geralmente confundem estes quatro tipos de problemas acusando Deus pelas conseqüências naturais de suas escolhas erradas, ou acusam o Diabo pelas circunstâncias que foram realmente planejadas por Deus. Deus nunca nos tenta a pecar, mas Ele testa nosso caráter continuamente. Quando você se defrontar com um problema, tente, primeiramente, determinar qual é a fonte que origina tal problema. Jonas se deparou com uma tempestade porque ele desobedeceu a Deus. Paulo se deparou com uma tempestade porque outros desobedeceram a Deus. Mas os discípulos enfrentaram uma tempestade porque haviam obedecido a Deus! As tempestades de sua vida podem ser uma prova, uma tentação, uma transgressão, ou conseqüência de dificuldades. Cada uma delas requer diferentes respostas.Se você for o responsável pela sua dificuldade, você precisa se arrepender. Se for uma tentação de Satanás, você deve resistir. Se for uma ofensa de outros contra você, então você precisa liberá-la através do perdão. Mas se o problema for uma provação de Deus, você precisa relaxar e confiar em Deus. A despeito da fonte, nenhum de nossos problemas pode acontecer sem a permissão de Deus. Tudo que acontece na vida de um filho de Deus é filtrado pelo Pai, Ele deseja usar isso para o bem, mesmo quando Satanás e outros queiram usar para o mal. A fonte de seu problema não é problema para Deus; Ele vai usar tudo isso para seu bem e para seu crescimento se você confiar nEle.Porque Deus é soberano quanto ao controlar, acidentes são apenas incidentes nos planos de Deus para você. Porque cada dia de sua vida foi escrito no calendário de Deus antes que você nascesse (Salmo 139:16), cada dia é importante. Tudo que acontece com você tem significação espiritual. Tudo mesmo! Romanos 8:28-29 explica o porquê:?"Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Pois aqueles que de antemão os conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho..." (NVI)
Esta é uma das passagens da Bíblia mais mal citada e mal-entendida. Ela não diz: "Deus produz tudo que acontece para que minha vontade seja feita." Obviamente isso não é verdade. Também não diz: "Deus vai produzir coisas que sempre tenham um final feliz aqui na terra." Isso também não é verdade. Acontecem muitos finais infelizes aqui na terra. Vivemos num mundo caído. Só no céu tudo estará acontecendo do modo perfeito como Deus pretende que seja. É por essa razão que somos estimulados a orar: "Seja feita Tua vontade assim na terra como no céu." A vontade perfeita de Deus é feita no céu.
Para compreender perfeitamente Romanos 8:28-29, você deve considerar o texto frase por frase:
"Sabemos" Este não é um pensamento positivo, esperançoso ou simplesmente desejoso. Mas é uma certeza baseada na verdade da soberania e do amor de Deus.
"que Deus age" Há um Grande Desenhista por trás de tudo. Sua vida não é produto do acaso, da sorte, do destino. Há um plano mestre. A História é a história de Deus “ Deus está controlando as cordas. Nós cometemos erros, mas Deus nunca erra. Deus não pode cometer um erro - porque Ele é Deus.
"em todas as coisas" O plano de Deus para sua vida envolve tudo o que acontece para você “ inclusive seus erros, seus pecados e suas dores. E isso inclui câncer, fracassos, débitos, doenças, divórcio e morte de entes queridos? Sim. Tudo está nos planos de Deus. Deus pode permitir o bem, como também o mal. Ele o fez no calvário.
"juntamente"
Para fazer um bolo, você precisa de farinha de trigo, sal, ovos, açúcar, manteiga etc. Se você comer apenas um ingrediente sentirá o amargo ou nenhum gosto. Mas assados juntos, os ingredientes resultarão em delícia. Se você entregar suas experiências desagradáveis, desgostos, Ele vai transformar isso em algo bom para você.
"para o bem"Não quer dizer que tudo na vida é bom. Muito do que acontece em nosso mundo é ruim e mal. É fácil produzir o bem do bem, mas Deus é especialista em produzir o bem do mal.Na árvore genealógica oficial de Jesus, quatro mulheres são listadas: Tamar, Raabe, Rute e Bate-Seba. Tamar seduziu o sogro para engravidar. Raabe era uma prostituta. Rute nem mesmo judia era e quebrou a lei casando com um judeu. Bate-Seba cometeu adultério com Davi, o que resultou no assassinato de seu marido. Essas mulheres não tiveram reputação elogiável, mas Deus produziu o bem do mal e Jesus veio da linhagem delas.O propósito de Deus é maior que seus problemas, suas dores e mesmo que seus pecados. Ele pode usar tudo isso para o bem se você entrega a Ele. Isso nos permite ser ao mesmo tempo realistas e otimistas.
"daqueles que o amam, dos que foram chamados" Esta promessa é exclusiva para os filhos de Deus. Não é para todo o mundo. Todas as coisas cooperam para o mal daqueles que se opõem a Deus e insistem em viver assim.
"de acordo com o seu propósito" Qual é o bom propósito de Deus no sofrimento? O que Deus deseja fazer quando todas as coisas acontecem em conjunto? É que podemos "nos tornar semelhantes ao seu Filho..." este é o terceiro propósito de Deus para sua vida!Todas as coisas que Deus permite que aconteçam em sua vida, é permitido por um grande e eterno propósito: trabalhar seu caráter para ser semelhante à imagem de Cristo. É para seu crescimento e para a glória de Deus, é um plano com a garantia de sucesso. Vai ser completado quando você chegar no céu.Como é propósito de Deus fazer você ser semelhante a Jesus, Ele vai levar você através das mesmas experiências que Jesus passou “ incluindo solidão, tentação, estresse, críticas, rejeição e muitos outros tipos de problemas. Por que Deus nos isentaria do que ele permitiu que Seu filho passasse? A Bíblia diz que Jesus "aprendeu a ser obediente através do sofrimento" e "foi feito perfeito através do sofrimento." Crescemos do mesmo jeito e Jesus é o nosso modelo.
"” pois tudo quanto Deus dá a seu Filho Jesus agora é nosso também. Mas se vamos participar de sua glória precisamos participar também de seu sofrimento." (Romanos 8:17) (BV)
Alguns acreditam, de maneira errada, que Deus nunca quer que os cristãos sofram. Mas, sermos semelhantes a Jesus significa serviço, sacrifício e sofrimento, como aconteceu com Ele. A Bíblia repetidamente mostra que o sofrimento é muitas vezes a vontade de Deus para nossas vidas. De fato, muitas vezes sofremos mais porque somos cristãos. Deus nos diz para considerar esse privilégio. "Sim, o sofrimento virá da parte daqueles que odeiam a Cristo Jesus sobre todos que decidiram levar uma vida piedosa para agradar-Lhe." 2 Tm 3:12 (BV)A bondade e a graça de Deus não significam que você nunca será machucado, triste ou infeliz. Deus permite a dor porque Ele está mais interessado em seu caráter do que em seu conforto. Ele deseja aperfeiçoar você e não agradá-lo. Seu alvo para a sua vida é a santidade e não a felicidade. Ele sempre valoriza mais o espiritual do que o material, porque é este que vai permanecer eternamente. Algumas vezes, Ele permite que Satanás tire o seu conforto, como no caso de Jó, para que com isso produza um caráter eterno. Não se surpreenda ou reclame de "injustiça" ou fique amargo por causa disso. Perceba que tudo é parte de seu processo de amadurecimento.

O potencial dos problemas e a dor A dor tem uma importância indispensável em seu crescimento para a maturidade espiritual. De fato, você não pode se tornar semelhante a Cristo sem algum sofrimento. Somos como jóias, moldados com o martelo e o cinzel da adversidade. Se o martelo do joalheiro não for suficientemente forte para nivelar nossas rudes arestas, Deus usa uma marreta. Se formos teimosos, Ele usará uma britadeira.Ele usará o que for preciso.
Os problemas sempre trazem muitos benefícios para as vidas dos crentes:
Os problemas podem chamar nossa atenção:
Eliú disse: "Deus ensina à s pessoas através do sofrimento e usa a aflição para abrir nossos olhos." (Jó 36:15) Este é o único possível benefício para os descrentes, os problemas podem servir para um despertar espiritual proveniente de Deus. C.S. Lewis disse: "Deus nos sussurra em nossos prazeres, mas grita em nossas dores." Raramente mudamos até que nossa dor se torne maior que o nosso medo de mudança. Não é o "ver a luz" mas o "sentir o calor" que chama nossa atenção.
Os problemas podem nos ensinar a depender de Deus
Paulo dá um testemunho desse benefício: "Sentimos que estávamos condenados à morte. E percebemos como éramos fracos demais para socorrer-nos a nós mesmos; isso, porém, foi bom, porque assim colocamos tudo nas mãos de Deus, o Único que poderia salvar-nos¦". (2 Coríntios 1:9) Você nunca saberá que Deus é tudo que você precisa até saber que Deus é tudo que você tem.
Os problemas podem testar e purificar sua fé
A Bíblia, muitas vezes, compara as provações com o refinamento de metais através do fogo, que queima limpando as impurezas. Pedro disse: "Essas provações são para mostrarem que a fé que vocês têm é verdadeira.(...) Assim a fé que vocês têm, que vale muito mais que o ouro..." (1 Pedro 1:7) Perguntaram ao ourives: "Como você sabe quando o ouro está puro?" Ele respondeu: "Quando vejo meu reflexo nele." Quando sua fé está pura, as pessoas podem ver o reflexo de Jesus em você.Alguém comparou as pessoas aos sachês de chá. Você não sabe o que há dentro até colocá-los na água. Tiago disse: "Sob pressão, sua fé é forçada a se abrir e mostrar suas cores verdadeiras." (Tiago 1:2) (Tradução livre)
Os problemas podem desenvolver nosso caráter
Você não desenvolve seu caráter numa sala de aula, mas nas circunstâncias da vida. Cada situação é uma oportunidade para o desenvolvimento do caráter, mas as circunstâncias que mais nos machucam são aquelas de maior potencial para desenvolver nossa musculatura espiritual e as fibras morais. Paulo disse: "¦pois sabemos que os sofrimentos produzem paciência. E a paciência produz caráter¦" (Romanos 5:3-4)As circunstâncias do que acontece ao seu redor não são tão importantes quanto aquelas que acontecem dentro de você. As circunstâncias são temporárias, mas o caráter que você desenvolve é para sempre.Os problemas podem preparar-nos para a eternidade
Este é o alvo de Deus a longo prazo. Romanos 8:17 diz: "¦Porque, se participamos dos sofrimentos de Cristo, também tomaremos parte na sua glória."E Pedro nos lembra: "Fiquem felizes com a chance de sofrer como Cristo sofreu. Isso vai prepará-los para uma ainda maior felicidade quando Ele retornar." (Tradução livre)Estou certo que você percebeu que esses são benefícios potenciais, não garantidos. Os problemas não amadurecem você automaticamente. Muita gente fica amarga e, em vez de melhorar, nunca cresce. Esses benefícios ocorrem somente quando você escolhe dar as respostas certas aos seus problemas. Há algumas verdades que precisam ser lembradas e algumas ações que precisam ser praticadas se você desejar crescer resolvendo seus problemas.

O que lembrar quando as provações chegam
Lembre-se que as intenções de Deus são sempre boas.
Ele sabe o que é melhor para você e tem em Seu coração o maior interesse por você. Deus disse a Jeremias: "Só eu conheço os planos que tenho para vocês: prosperidade e não desgraça e um futuro cheio de esperança." (Jeremias 29:11)
José entendeu isto quando disse aos seus irmãos (que o venderam como escravo): ...vocês planejaram aquela maldade contra mim, mas Deus mudou o mal em bem..." (Genesis 50:20) Ezequias mostrou o mesmo sentimento sobre os problemas de enfermidade em sua vida:" Eu sei que foi para meu próprio bem que sofri tanta aflição. Mas teu amor me protegeu da destruição na profunda cova..."(Isaias 38:17) Note que Deus o protegeu na cova profunda e da cova profunda! Deus não quer tirar você das provações. Se Ele fizesse isso, você não teria oportunidade de crescer. Esta é a razão porque Deus diz "não" a algumas orações de libertação que fazemos.
"Deus está fazendo o melhor para nós, treinando-nos para viver com Ele em santidade." (Tradução livre) Hebreus 12:7Lembre-se que a dor é temporária mas a recompensa é eterna
Moisés foi capaz de suportar 40 anos de pressão constante e problemas de liderança "porque ele estava olhando para frente, para a recompensa." (Hebreus 11:26) Este foi também o segredo de Paulo para enfrentar suas dores: "Nossas tribulações presentes são pequenas e momentâneas. Ainda assim produzem em nós glória imensurável que dura para sempre!" " Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada." (Romanos 8:18)
O que fazer quando as tribulações chegam:

Alegre-se e agradeça a Deus
A Bíblia nos diz: "Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus." (1 Tessalonicenses 5:18) Como isto é possível? Perceba que Deus nos diz para agradecer "em todas as circunstâncias" e não "por todas as circunstâncias". Deus não espera que você seja agradecido pelo mal que lhe acontece, pelo pecado, pelo sofrimento ou por suas conseqüências dolorosas aqui no mundo. Pelo contrário, Deus quer que você O agradeça pelo fato dEle transformar o mal em bem para você. (Gn 50:20) e usar suas dores e problemas para a realização dos Seus cinco propósitos em sua vida: * Deus quer usar tudo isso para trazê-lo mais para perto dEle. (Sl. 119:71)* Deus quer usar tudo isso para ajudá-lo a ser mais semelhante a Jesus.(Rm 5:3-4) * Deus quer usar tudo isso para lhe dar um ministério que ajude aos outros a entrarem nesse mesmo caminho. (2 Co. 1:3-6)* Deus quer usar tudo isso para aprofundar sua comunhão com os outros.(Fp 4:14)* Deus quer usar tudo isso como testemunho para os não-crentes. (Fp. 1:12)A Bíblia diz: "Alegrem-se sempre no Senhor." (Fp 4:4) A Bíblia não diz "Alegre-se por causa de suas dores!" Isso é masoquismo. Ela diz alegre-se "no Senhor". Os planos de Deus para sua vida são bem maiores que qualquer problema que você venha a enfrentar. Durante as dificuldades, você pode se alegrar na verdade, que Deus o ama profundamente, que ele sabe o que é melhor para você, que Ele cuida de tudo que está lhe acontecendo, que Ele está no controle da situação, que Ele tem o poder para ajudá-lo nos tempos difíceis e que ele vai recompensá-lo pela sua tolerância. Jesus disse: "Alegrem-se e regozijem-se, porque grande é a sua recompensa nos céus." (Mt 5:12) Ainda mais confortante é este fato - Porque Cristo está em você, ele enfrenta e sofre as dores com você! Não servimos a um Deus que está longe, desligado e que apenas sem interesse maior, envia jatos de expressões de encorajamento para nós. Pelo contrário, Ele participa do nosso sofrimento. Jesus fez isso quando se encarnou, e o Espírito Santo faz isso em nós agora! Ele nunca nos deixa enfrentar sozinhos uma dificuldade. Ele é nosso Confortador. Se você está sofrendo, exatamente agora, pare um pouco e ore: "Espírito Santo, obrigado porque estás comigo nesse sofrimento."O teste final de nossa maturidade espiritual é quando você pode alegrar-se e agradecer a Deus por essa verdade no momento que está sofrendo e você não encontra nenhuma explicação para isso. Permaneça centrado no plano de Deus, e não em seu sofrimento ou problema
Esta foi a maneira como Jesus se sentiu capaz de enfrentar os sofrimentos e a vergonha da cruz. Ele foi capaz de se desligar de outras coisas porque Ele nunca perdeu de vista o plano de Deus. Ele é nosso modelo."Tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador de nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus." (Hebreus 12:2)Corrie Ten Boom, que sofreu num campo de concentração nazista, explicou o poder de se centralizar em algo: "Se você olhar o mundo, ficará aflito. Se você olhar para dentro de você mesmo, ficará deprimido. Mas se você olhar para Cristo, você terá paz!" Em que você se centrar, vai determinar seus sentimentos.

Concentrar-se em Deus O agrada" Porque é louvável que, por motivo de sua consciência para com Deus, alguém suporte aflições sofrendo injustamente.". (1 Pedro 2:19)
Enfrente o sofrimento com paciência e persistência
Tiago nos adverte de modo prático sobre os problemas: "Pois vocês sabem que a prova de sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma."A construção do caráter é um longo e demorado processo. Quando gastamos nossa energia tentando evitar ou escapar das dificuldades da vida, nós atropelamos esse processo, atrasamos nosso crescimento e, na verdade, pioramos ainda mais nosso sofrimento “ e esta é a pior saída de todas que acompanham o evitar e o negar " Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu;" (Hebreus 10:36)Jesus nunca usou seus poderes sobrenaturais para resolver um problema pessoal ou aliviar suas próprias dores. Quando você compreender as conseqüências eternas do desenvolvimento de seu caráter, você orará menos orações do tipo "Conforta-me" (Por favor, ajuda-me a me sentir melhor) e passará a orar mais "Conforma-me" (Por favor, usa isto para me fazer mais semelhante a Ti). A vida é uma série de problemas. Cada vez que você resolve um, já outro está ocupando o lugar para ser resolvido. Nem todos eles são grandes demais, mas todos são significantes no processo de crescimento que Deus tem para você. Você descobre que está amadurecendo quando começa a ver as mãos de Deus nos acidentes, nas perplexidades, e nas circunstâncias sem sentido que a vida nos traz.
Se você está enfrentando algum problema neste exato momento, não pergunte: "Por que eu?" Em vez disso, pergunte: "O que o Senhor deseja que eu aprenda?" Então confie em Deus e continue fazendo o que é certo. Não desista “ cresça!" Por isso mesmo, aqueles que sofrem de acordo com a vontade de Deus devem confiar sua vida ao seu fiel Criador e praticar o bem." (1 Pedro 4:19)
publicado por pauloescriba às 05:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 17 de Novembro de 2007

Pr. Rick Warren-Como sonhar grande

Todos precisam ter um sonho. Quando qualquer um de nós iniciou sua vida no ministério, provavelmente iniciou com um grande sonho. Infelizmente, na medida em que o tempo de ministério vai passando, seus sonhos encolhem para o tamanho da situação que enfrenta. Provavelmente no início de seu ministério você pôde enxergar antecipadamente grandes coisas. Com o passar do tempo, as circunstâncias tendem a encolher seus sonhos.
Se você está se envolvendo com o ministério, precisa ser um sonhador. Precisa ter fé no que Deus vai realizar através de seu ministério. A Bíblia diz: “Sem fé é impossível agradar a Deus...” (Hb 11.6). Fé começa no momento em que você sonha, tem uma visão.
Se você está se envolvendo com o ministério, precisa ser um sonhador. Precisa ter fé no que Deus vai realizar através de seu ministério. A Bíblia diz: “Sem fé é impossível agradar a Deus...” (Hb 11.6). Fé começa no momento em que você sonha, tem uma visão.
Quando me apresentei e compartilhei esse sonho com estas pessoas que nunca havia visto antes, alguns disseram: “Tolice! Como é que pode com 60 pessoas chegar a uma igreja desse tamanho? Como vamos comprar uma propriedade na área do Vale de Saddleback, onde a terra é tão cara?” E, em 27 anos, alcançamos esses alvos. Nos anos em que estou pastoreando esta igreja, nunca duvidei que conseguiríamos. Nem uma vez. Não sabia quando isso iria acontecer – mas sabia que aconteceria. Por quê? Esse sonho pertencia a Deus.
Então em abril de 2005, no Jubileu de Prata da igreja, compartilhei um novo sonho com Saddleback e com toda a Rede de ICPs. Falei para todos sobre o Plano P.E.A.C.E., meu sonho de mobilizar bilhões de cristãos para derrotar os gigantes globais de perdidos espirituais, liderança egocêntrica, pobreza, doença e ignorância. O primeiro sonho conduziu Saddleback nos seus primeiros 25 anos; este outro irá conduzir pelos próximos 25 anos. Tenho tanta convicção com esse plano como tive do primeiro.
Todas as pessoas, todos os ministérios e todas as igrejas precisam de um sonho. Se você não está sonhando, está morrendo. Não creio que exista essa idéia de uma pessoa grandiosa. Creio que existem pessoas comuns comprometidas com grandes sonhos. Quando uma pessoa comum está comprometida com um grande sonho, isso a faz grandiosa. Se deseja ser saudável, precisa ter um sonho nessa direção.
Talvez você esteja no ministério por tanto tempo que tenha se esquecido de como é sonhar. Ou talvez esteja apenas começando e não teve a chance de contemplar o que Deus deseja fazer através de sua vida. Ou talvez esteja entre os dois. A despeito disso, aqui estão oito passos para ajudá-lo a descobrir os sonhos de Deus para sua vida. São os mesmos passos que dei quando desenvolvi os sonhos de Deus para Saddleback.
Todas as pessoas, todos os ministérios e todas as igrejas precisam de um sonho. Se você não está sonhando, está morrendo. Não creio que exista essa idéia de uma pessoa grandiosa. Creio que existem pessoas comuns comprometidas com grandes sonhos. Quando uma pessoa comum está comprometida com um grande sonho, isso a faz grandiosa. Se deseja ser saudável, precisa ter um sonho nessa direção.
Talvez você esteja no ministério por tanto tempo que tenha se esquecido de como é sonhar. Ou talvez esteja apenas começando e não teve a chance de contemplar o que Deus deseja fazer através de sua vida. Ou talvez esteja entre os dois. A despeito disso, aqui estão oito passos para ajudá-lo a descobrir os sonhos de Deus para sua vida. São os mesmos passos que dei quando desenvolvi os sonhos de Deus para Saddleback.
1. Abra sua mente para Deus. Se você for fazer isso, vai precisar se aquietar diante do Senhor. Agende momentos de silêncio, fique sozinho. Para muitos de vocês Deus não pode dar seu sonho porque você não consegue sentar e calar-se! Você precisa estar quieto diante de Deus. Comece por ter a perspectiva de Deus em sua vida.
2. Faça pesquisas. Você não consegue tomar boas decisões sendo ignorante. Este é um ponto que muitos desconhecem quando têm um sonho. Oram por isso, mas não vão adiante, buscando os fatos. A Bíblia diz que é tolice não ter conhecimento e reflexão (Pv 18.13). Pense antes de agir. Leia livros, vá a conferências, visite outras igrejas – mas conheça os fatos.
3. Comece buscando conselhos. Lembre-se, é melhor admitir sua ignorância do que prová-la na sua experiência. Você vai parecer tolo de todas as maneiras se não buscar conselhos sábios. Então, vá em frente e pergunte. Seja humilde. Seja ensinável. Líderes são aprendizes.
4. Estabeleça algumas prioridades. Você não vai ter tempo para fazer tudo, assim, tem que aprender a diferença entre o importante e o urgente, o que auxilia e o que causa mudança de vida, ser eficiente e efetivo. Eficiência é fazer as coisas de maneira certa; efetividade é fazer as coisas certas. Você precisa se concentrar em fazer as coisas certas. Quando faz isso, você desenvolve um plano e realiza seus sonhos – e é isso que é essencial.
5. Avalie os custos. Isso é o que chamamos de risco calculado. Provérbios 20.25 diz: “É uma armadilha consagrar algo precipitadamente e só pensar nas conseqüências depois que se fez o voto”. Você precisa perguntar três coisas quando estiver planejando sobre seu sonho:
* É necessário? (Posso atingir meu alvo de outra maneira?) * Quanto vai custar? (Qual é o preço que está na etiqueta – em termos de tempo, energia, dinheiro e reputação?) * Vale a pena? (Esta é a pergunta mais importante.)
Após ter o sonho para a Igreja Saddleback, precisei me fazer a seguinte pergunta: “Isso é bom para minha vida?”. E conclui: “Com certeza!”. Valia cada gota de suor que eu daria. Estamos falando de coisas para a eternidade aqui.
6. Planeje para enfrentar os problemas. Seus planos devem visualizar os problemas. Coisas vão dar errado. Você estará preparado quando isso acontecer? Provérbios 22.3 diz: “O prudente percebe o perigo e busca refúgio; o inexperiente segue adiante e sofre as conseqüências.” Pergunte-se: “O que pode dar errado com esse sonho?” E também “O que vai acontecer se for assim?”. Isso não é ser pessimista. A Bíblia diz que é apenas ser sensível.
7. Esteja pronto para arriscar. Enfrente seus medos. A maioria das pessoas não enfrenta os riscos ministeriais porque têm medo. Provérbios 29.25 diz: “Quem teme o homem cai em armadilhas,mas quem confia no Senhor está seguro.” Odiamos ter que admitir isso quando estamos com medo. Deus diz para ir em frente e admitir o medo. Medo não é sinal de fracasso, é sinal de humanidade.
Mas o segredo de estar adiante do medo é saber quem lhe deu o sonho. Provérbios 14.26 diz: “Aquele que teme o SENHOR possui uma fortaleza segura...”. Quando você sabe que seu sonho provém de Deus, isso lhe dá segurança. Isso lhe dá confiança de ir em frente. Se você sabe de onde seu sonho vem, não vai dar tanto valor ao que os críticos dizem. Você não vai deixar que as pessoas lhe digam que isso não é possível. As leis podem ser mudadas. O dinheiro pode ser levantado. O que importa é que Deus disse para fazer.
8. Faça isso agora. Aqui está o ponto de decisão onde você pára de falar e começa a agir. Você precisa começar. Uma vez decidido que vale a pena arriscar, precisa ir em frente. Vai chegar um momento em sua vida que você vai dizer: “Deus me chamou para fazer isso. E eu vou fazê-lo.”
Não custa nada sonhar. Sonhe grandes sonhos para seu ministério. Tudo que é possível hoje em nossa sociedade era impossível tempos atrás: carros, computadores, aviões, micro-ondas, Internet. As impossibilidades de hoje são os milagres de amanhã.
publicado por pauloescriba às 05:38
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Novembro de 2007

Pr.Rick Warren- Como adorar a Deus quando se está ferido

A história de Jó está na Bíblia por causa de uma pergunta: “Será que eu adoraria a Deus se tudo desse errado na minha vida?” - Rick Warren
Todos passam por experiências que machucam na vida, mesmo aqueles que estão no ministério. Estas feridas podem ser físicas, espirituais, emocionais ou relacionais; podem estar em sua vida agora ou aparecer em breve. Então, o que fazer quando estamos feridos? Adore. É o único antídoto para nossa dor. Jó é um grande exemplo disso. Ele perdeu tudo – sua riqueza, família, amigos e saúde – em um período de 24 horas. Em um único dia, Jó vai de herói a nada. Em todo o livro de Jó, vemos um homem que está profundamente ferido: fisica, relacional e emocionalmente. Mesmo assim, o livro conta a história de como Jó adorou a Deus, ao invés de se tornar amargo. Como você faz isso? Como se conectar com Deus em meio a uma crise em sua vida? Muitos de vocês tiveram uma crise esta semana. Outros estão carregando suas feridas por toda a vida e ainda não conseguiram se livrar delas. Para adorar em meio a esta dor, você precisa:
1. Sentir a dor. Fale para Deus exatamente como se sente.
Você precisa por para fora todos os seus sentimentos. Quando você compartilha seus sentimentos com Deus, quando confia à Ele sua dor, você está adorando – mesmo quando estes sentimentos são negativos. Jó expressou sua dor para Deus. Jó 1.20 diz: “Ao ouvir isso, Jó levantou-se, rasgou o manto e rapou a cabeça. Então prostrou-se, rosto em terra, em adoração”. No antigo Oriente Médio, isto é o que as pessoas faziam quando queriam mostrar frustração, raiva ou profunda tristeza – eles rasgavam suas roupas. Deus não fez nossos corpos para lidar com emoções negativas. Deus nunca nos criou para isso. Quando engolimos nossas emoções, nosso estômago é que sente.Então, a primeira coisa que você deve fazer quando passar por uma experiência dolorosa em sua vida é: confessar. Fale para Deus que você não gostou do que aconteceu – Detestei! Não se preocupe. Deus pode lidar com isso.
2. Louve a Deus.
Depois que você passa pelo sofrimento, louve a Deus, à despeito de suas circunstâncias. Não agradeça a Deus por seus problemas, mas agradeça a Ele em meio aos seus problemas.A história de Jó está na Bíblia por causa de uma pergunta: “Será que eu adoraria a Deus se tudo desse errado na minha vida?” Adoraria? É fácil adorar a Deus quando tudo acontece do meu jeito. É fácil ser um cristão nas horas boas. Mas o que acontece quando tudo vai mal em sua vida? Você ainda confiaria em Deus? Este é o teste final de fé. Você será testado. Isto é garantido. Em algum ponto de sua vida, tudo se despedaçará. Mesmo assim, ainda existem muitas coisas pelas quais podemos louvar a Deus, mesmo quando a vida é dura. Eu costumava pensar que a vida era montanhas e vales – flores e riachos. Mas, quanto mais eu vivo, mais percebo que esta não é a realidade. Não existe um tempo em sua vida quando tudo é perfeito. E não existe um tempo em sua vida quando tudo vai mal. Na verdade, a vida é mais parecida com dois trilhos em uma ferrovia. Um deles são as coisas boas da sua vida e o outro são as ruins. Você tem os dois o tempo todo. Jó escolheu agradecer a Deus, à despeito de sua dor – e você também pode fazer isso.
3. Peça a Deus sabedoria e força. Quando estamos feridos, mais do que qualquer coisa, precisamos de sabedoria e força para saber o que fazer e ter o poder para fazer. Em toda sua história, Jó dependeu de Deus para ter sabedoria e força. Você não pensa claramente quando está ferido. Você começa a ter pensamentos tolos, tais como retaliação e revanche. Você precisa de sabedoria. A Bíblia fala o seguinte: “No entanto, Deus é sábio e poderoso; ele tem inteligência e entendimento . (Jó 12.13 NTLH)Você também precisa de força – o poder para fazer a coisa certa. Salmo 37.39 diz: “O SENHOR Deus salva do perigo os que são bons e os protege em tempos de aflição.” Eu não sei qual é o tipo de problema que está enfrentando neste momento, mas sei que Deus está esperando para fortalecê-lo. Quando você se torna seguidor de Jesus Cristo, terá exatamente os mesmos problemas que tinha antes de segui-lo. Você não está isento! Mas agora tem a sabedoria e a força de Deus disponíveis para você, então... peça a Ele! "Se ainda não aprendeu como compartilhar sua dor, você nunca será curado. Você ficará ferido para o resto de sua vida."
4. Junte-se a outras pessoas para ter apoio. Deus não quer que adore sozinho. Nunca foi a intenção de Deus que lidasse com toda sua dor e todas as suas feridas, sozinho. Se ainda não aprendeu como compartilhar sua dor, você nunca será curado. Você ficará ferido para o resto de sua vida. Aqui está o problema: Quando estamos feridos, é da natureza humana se recolher. Quando nos ferimos, levantamos barreiras ao nosso redor. Colocamos limites, muros. Nos colocamos dentro de uma concha. Nos trancamos dentro de prisões. Isto é simplesmente tolice. Você nunca será curado se não aprender a se abrir novamente. Esta é uma das razões pela qual até mesmo pastores precisam estar em pequeno grupo, um grupo com outras pessoas que estão no ministério e um grupo em sua igreja. Uma pesquisa recente mostrou que 25% dos norte-americanos dizem não ter amigos chegados, dos quais possam depender. Se você não precisa de um pequeno grupo, você precisará. Você precisará de pessoas que estejam comprometidas com você, para que quando tudo em sua vida cair, eles estejam lá.
5. Continue. Você sabia que continuar, perseverar é um ato de adoração? Em Jó 2, a esposa de Jó sugeriu que ele “amaldiçoasse Deus e morresse”. Ela sugeriu que seu marido acabasse com sua dor, imediatamente, matando-se. Mas, Jó se recusou. Ao invés disso, ele disse: “Aceitaremos o bem dado por Deus, e não o mal?” Esta é uma declaração de fé conclusiva. Quando tudo parece perdido, Jó confiou em Deus e continuou.O que deu a Jó este tipo de profundidade? Em Jó 19.25 fala: “Eu sei que o meu Redentor vive, e que no fim se levantará sobre a terra”. Jó esperava por um Salvador que retornaria, um redentor. Qualquer sofrimento que possa ter é pequeno comparado com a eternidade. Um dia, se você colocou sua confiança em Deus e em Seu redentor, então viverá com Ele para sempre. E neste dia não haverá mais dor, sofrimento ou tristeza. Portanto, aguente firme e não olhe para “o aqui e agora”, mas para o que Deus planejou para você na eternidade.Aqueles que estão no ministério não estão isentos de sofrimento. Seja uma dor que esteja experimentando por causa de críticas injustas, exaustão ou até mesmo problemas causados por você mesmo; ou se há algum sofrimento do seu passado que nunca tratou, por favor, não ignore esta dor. Não deixe que roube o seu ministério e bloqueie a adoração que deveria estar dando a Deus. Trate disto hoje. Sinta a dor que está em sua vida. Louve a Deus em meio a dor. Peça a Deus sabedoria e força. Junte-se a outras pessoas para ter apoio. E persevere.Lembre-se, seu Redentor vive!Rick Warren



publicado por pauloescriba às 14:23
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Novembro de 2007

Artigo do Pr. Rick Warren- Evangelizando a Cultura do Século XXI

No ministério, algumas coisas nunca devem mudar, mas outras precisam mudar constantemente.

Sem dúvida, os cinco propósitos de Deus para sua igreja são inegociáveis. Se uma igreja falha em equilibrar os cinco propósitos de adoração, comunhão, discipulado, evangelismo e serviço, não será uma igreja saudável e corre o risco de se tornar um clube social.
Por outro lado, a forma ou o estilo em que cumprimos esses cinco propósitos eternos devem continuamente ser ajustados e modificados porque a cultura humana está em mudanças constantes.

Por exemplo, logo que comecei a igreja Saddleback, saído do Seminário de Southwestern, os computadores pessoais (PC) estavam em sua infância, vagarosos e limitados a executarem muito pouca coisa. A Internet era apenas uma rede incipiente e ninguém havia ouvido falar de e-mail.
Agora, geralmente ainda de pijama, tenho conversas através de e-mail com as pessoas de todo o mundo. Hoje, você pode se tornar um evangelista usando apenas a Internet para ganhar pessoas para Cristo.

Acrescente-se a isso que você pode tomar um avião e em poucas horas voar para qualquer lugar do mundo, isso significa que há menos desculpas de não estar envolvido em missões mundiais, mesmo por um prazo curto. Os tempos estão em mudança constante, continuarão a mudar quer desejemos ou não.
Esta é a razão porque, em Saddleback, qualquer ferramenta que apareça, nós a analisamos para usá-la. Nesse momento estamos usando TiVo para as transmissões dos sermões de fins de semana para diferentes áreas de nosso campus. Em outras palavras, alguém que prefira um coral e música tradicional pode cultuar nessa atmosfera e, então, num tempo determinado, pode ouvir o mesmo sermão que os que estão em nosso auditório principal. Isso pode ser duplicado pelo campus como uma espécie de culto acústico, outra conquista da tecnologia Gen-X, assim por diante.

A questão é: mudamos da geração MTV para a geração Internet e ainda assim muitos de nós ainda estamos respondendo à geração da TV! Nossa mensagem nunca deve mudar, mas a forma como a entregamos, constantemente se ajustando à s novidades em cada geração.
Em outras palavras, nossa mensagem de transformação nunca deve mudar enquanto que a transformação de nossa apresentação deve ser contínua na adaptação da nova linguagem e de nossa cultura.

Considere isto: a palavra contemporânea literalmente significa com temporalidade . Por natureza, nada que é contemporâneo vai durar para sempre! É efetivo por um período e relevante apenas naquele momento particular “ que é o que o faz contemporâneo.
O que é considerado contemporâneo e relevante nos próximos dez anos vai, inevitavelmente, parecer ultrapassado e cansado em 20 anos. Como pastor, tenho visto igrejas adotarem muitos estilos contemporâneos de cultos, programas, arquitetura, música e evangelismo. Isto está certo, desde que a mensagem bíblica não sofra mudanças.

Mas tudo aquilo que está na moda agora vai estar fora de moda logo, e os ciclos de mudanças estão ficando cada vez mais curtos, impulsionados pela tecnologia e pela mídia. Novos estilos e preferências, como modas, estão sempre emergindo.
Quero lhes dar uma palavra de advertência. Nunca fixe a sua igreja num só estilo “ porque logo estará obsoleto, ultrapassado. Um dos segredos da força da igreja Saddleback é que estamos constantemente fazendo adaptações; mudamos estilos de culto, programas, evangelismo, muitas vezes, nestes 24 anos, e continuaremos a fazer isso porque o mundo está em mudanças.

A única maneira de permanecer relevante é alicerçar seu ministério nas verdades imutáveis e nos eternos propósitos mas estaremos continuamente adaptando as maneiras de como comunicar essas verdades e propósitos.
Como um exemplo, vejamos o propósito evangelismo (creio que toda igreja deve balancear os cinco propósitos do Novo Testamento: adoração, comunhão, discipulado, evangelismo e serviço). Em muitas igrejas tradicionais, o evangelismo é feito muito mais num estilo de confronto do que de relacionamento. Existe um tipo de visita planejada que tem esta perspectiva - "bem, vamos fazer evangelismo na quinta e vamos bater de porta em porta."

A verdade é que esta estratégia funcionou até alguns anos atrás, porque você podia bater na porta de alguém e ser convidado a entrar. As pessoas não querem que estranhos batam em suas portas hoje em dia; eles saem para o trabalho e, na volta, tudo o que querem é jantar e ficar à vontade. Quando você bate na porta de alguém, isso incomoda e os donos da casa já ficam na defensiva antes mesmo de você dizer a primeira palavra sobre Jesus Cristo.
Por que então vamos continuar a empregar estratégias de evangelismo que não são mais efetivas? Creio que é porque continuamos na confusão sobre coisas que achamos que nunca devem mudar com coisas que estão em constante mudança.

Surpreenderia você se soubesse que aqui em Saddleback, nesses 24 anos, nunca tivemos um programa planejado de visitação? E mesmo assim, batizamos mais de 1000 pessoas por ano nesta última década! Nós os alcançamos através de um evangelismo que destaca o estilo de vida das pessoas. Nossa igreja cresceu simplesmente por convidar uma pessoa por ocasião, colegas de trabalho, colegas de escola, vizinhos.


Nossos membros estão constantemente na missão de trazer seus amigos aos cultos de fins de semana, onde alcançamos os não crentes “ particularmente aqueles que nunca tiveram ligações com igrejas “ por cantar músicas que eles entendam, pelas orações com as quais estão relacionados e por pregar mensagens que eles entendam. Nós tornamos o viver cristão disponível e aceitável para todos os que visitam Saddleback.

Você deve se perguntar se atraímos os visitantes por passar a idéia de um evangelho água com açúcar. Respondemos que não fazemos isso; simplesmente comunicamos o evangelho de um jeito que os não crentes entendam! Jesus atraiu multidões sem comprometer sua mensagem. Ele foi claro, prático, amoroso e sempre apresentou suas mensagens eternas numa forma extremamente agradável e contemporânea.

As pessoas perdidas têm anseio por significância, necessidade de propósitos, necessidade de perdão e necessidade de amor. Eles querem aprender a tomar as decisões certas, a como proteger suas famílias, como lidar com o sofrimento e a como ter esperança neste mundo. Todas são inquietações para as quais temos respostas e, mesmo assim, milhões continuam ignorando a mensagem de Cristo porque insistimos em comunicar a mensagem de uma forma que não faz quase nenhum sentido.

De uma maneira geral, temos feito o Evangelho muito difícil para que as pessoas dos nossos dias entendam. Quero fazer uma analogia aqui: Imagine um missionário indo para o estrangeiro e dizendo - "Estou aqui para compartilhar as Boas Novas, mas primeiro você precisa aprender falar a minha língua, aprender os meus costumes e cantar o meu estilo de música." Você já percebeu que essa estratégia vai fracassar!
Veja que nós fazemos isso todo o tempo numa cultura que está em constante mudança. Se quisermos alcançar as pessoas no séc 21, devemos começar a pensar de modo diferente. Paulo disse - "Eu me torno todas as coisas para todos os homens para que, de algum modo, consiga alcançar alguns." Penso que isso significa que se você está aqui na Califórnia, você deve ser uma igreja de cultura californiana. Se você estivesse em Ohio, deveria ser uma igreja de cultura de Ohio. Ou se estivesse no Mississipi, deveria ser uma igreja de cultura de Mississipi.

Mas penso também que isso significa que se você está no Séc 21 você deve ser uma igreja do Séc 21. Creio que o requisito mais importante de uma igreja é ter membros maduros espiritualmente “ membros que, sem egoísmo, limitassem suas próprias preferências ao pensar como a igreja deveria ser, para que assim conseguissem alcançar as pessoas perdidas para Cristo. Como Jesus disse em Lucas 5:38 - "Vinho novo deve ser colocado em recipientes novos!"
Aqui está uma tradição simples para ser quebrada no Séc 21: pare de pensar na igreja como uma instituição. A despeito da linguagem que usamos, nós, mais antigos, tendemos a ver a igreja como instituição, mas as novas gerações “ e muitos de nós da era Beatle “ estamos ansiosamente procurando por comunidade (o maior segredo da estratégia do Café Starbuck, comunidade numa loja de café).

Precisamos apresentar a igreja como um lugar em que pertencemos, uma família, onde cantam em comunhão e todos conhecem seu nome. Agora, sabemos que a igreja é uma comunidade, mas as gerações emergentes nunca viram isso dessa maneira. Eles vêem como uma lista de regras e não como uma comunidade amorosa. Este é um bom exemplo de oportunidade para restabelecer as verdades eternas da Bíblia de uma forma agradável e contemporânea.

Gerações emergentes estão concentradas no que é experimental, isto significa que temos de ajustar a forma como ensinamos e pregamos porque as igrejas tradicionais estão focalizadas quase que exclusivamente no intelecto. Na igreja do Séc 21, não queremos apenas pessoas que queiram saber sobre Deus, mas desejamos que elas realmente encontrem Deus.

Naturalmente, isto significa que antes de pregar mensagens cheias de informações, precisamos pregar para ações. Nossa mensagem não é significativa apenas por informar, mas por transformar as vidas das pessoas que estão em nossa congregação. Quase todo o sermão que eu prego tem um verbo em cada ponto “ isto é, alguma coisa para se fazer. O que você estará fazendo agora que conhece essa sublime verdade?

Por que faço isso assim? Porque Deus diz - "Sejam doadores no mundo e não apenas ouvintes," nosso processo inteiro, dirigido por propósitos em Saddleback, é estruturado para mudar as pessoas, não apenas na busca de intimidade com Deus, mas também na direção de servi-Lo, onde vão experimentar uma fé mais profunda e mais ampla no meio de uma comunidade e dentro de um ministério.

Desde que plantamos Saddleback, as pessoas têm mudado muito, espiritualmente falando. Em primeiro lugar, há muito mais gente agora! Há pessoas em todos os lugares! Nunca vi tanta gente tão sedenta para descobrir e desenvolver uma dimensão espiritual para suas vidas. Esta é a razão porque existe tanto interesse no pensamento Oriental, Nova Era, misticismo e o transcendente.

Hoje em dia as pessoas estão sedentas de símbolos, metáforas, experiências e histórias que revelem a grandeza de Deus. Porque as pessoas estão mudando constantemente, devemos ser mais sensíveis para com elas como Jesus foi, desejoso de supri-las em suas verdadeiras necessidades e falar com elas de uma forma que entendam.

Lembrem-se - o mundo muda mas a Palavra não. Para ser efetivo no ministério, precisamos aprender a viver com a tensão entre os dois. Minha oração é que Deus use a forma como usou Davi, descrita em Atos 13:36, para servir os propósitos de Deus em sua geração. Precisamos de igrejas que sejam igualmente dirigidas por propósitos e pós-modernas; infinita e oportuna ao mesmo tempo! Possa Deus usar você grandemente, derramar e encher sua vida com Seus propósitos.
publicado por pauloescriba às 06:23
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

OS SETE LEMAS PARA VIVER- artigos de uma Igreja com Propósitos

1. FAZER PRIMEIRO AS COISAS PRIMEIRAS

Muitas vezes, são tantas as coisas que temos para fazer que não sabemos nem por onde começar। É bem possível que tentemos fazer tudo ao mesmo tempo, atabalhoadamente। Ficamos então atordoados e confusos, podendo mesmo deixar-nos envolver pelo desânimo e pela frustração। Contudo, se procurarmos ter calma e examinarmos cuidadosamente, veremos que, de acordo com as circunstâncias, haverá sempre uma coisa que deverá ser feita em primeiro lugar, num dado momento, seja pela importância de que se reveste ou pela urgência requerida। Essa é a coisa primeira। As demais, é claro, deverão aguardar a sua vez, segundo a ordem de importância ou de urgência em que devem ser realizadas...


2. DEVAGAR SE VAI AO LONGE
Precisamos tomar cuidado com a tendência neurótica de exigirmos resultados imediatos em tudo que fazemos. O apressamento poderá resultar em tensões e frustrações, e isso é precisamente o que devemos evitar....

3। VIVER E DEIXAR VIVER


A intromissão na vida dos outros, aos quais muitos de nós procuramos impor, embora às vezes de forma inconsciente, a maneira pela qual achamos que devam agir, é mais uma das manifestações da natureza egocêntrica e prepotente do neurótico. Esquecemo-nos facilmente de que nossos semelhantes também têm, como nós, o direito de decidir de sua própria vida . Igualmente nos esquecemos de que, por mais que queiramos, não conseguiremos modificar o modo de proceder de uma pessoa, a não ser que ela mesma o deseje e decida fazer...

4। VIVER NA GRAÇA DE DEUS


Afastados da graça de Deus, tornamo-nos presas fáceis do descontrole emocional. Sabemos por experiência própria, que nada podemos contra as emoções quando nos valemos apenas da nossa precária "força de vontade". Somente quando nos entregamos de verdade aos cuidados de um Poder Superior a nós mesmos, ou Deus como cada um de nós O concebe, é que começamos a sentir que podemos recuperar-nos. O que antes parecia impossível torna-se, então, perfeitamente realizável...

5। ESQUECER OS PREJUÍZOS


Este lema sugere que deixemos de ficar rememorando os prejuízos que possamos ter tido, entre os quais, naturalmente estarão os que foram causados pela nossa neurose, pois esse é um procedimento doentio que por certo nos acarretará mais prejuízo ainda। Trazer de volta à memória os prejuízos é o mesmo que sofrê-los novamente...


6। RECOMENDAR-SE A DEUS INCONDICIONALMENTE

Se tivermos admitido nossa impotência perante as emoções e passado a crer num Poder Superior a nós mesmos, capaz de reconduzir-nos à sanidade (Primeiro e Segundo Passos), nada mais lógico do que nos entregarmos sem restrições a esse Poder Superior, ou Deus segundo a concepção de cada um, conforme é sugerido no Terceiro Passo....

7 SÓ POR HOJE


Este Lema sugere que, ao invés de tomarmos decisões para a vida toda, limitemo-nos a fazer propósitos por um dia apenas, justamente o dia que estamos sempre vivendo: o dia de hoje. O de ontem já vivemos quando ele era hoje, e o de amanhã, quando chegar, será hoje, novamente. Se aplicarmos o que é sugerido, estaremos, por assim dizer, cortando a vida em "pedacinhos mastigáveis", o que irá torná-la bem mais fácil.

publicado por pauloescriba às 19:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 1 de Outubro de 2007

IGREJA- A MAIOR FORÇA DA TERRA - Pr. Rick Warren

A Igreja – a maior força da TerraPr. Rick Warren"A Igreja está em todos os lugares no mundo. Existem vilarejos que têm pouquíssimas coisas, mas têm uma igreja". (Rick Warren)A igreja é o conceito mais magnífico jamais criado. Sobreviveu a abusos persistentes, terrível perseguição e foi negligenciada em larga escala. A despeito das falhas (devido a nossa iniqüidade), ainda é o instrumento escolhido por Deus para abençoar e o tem sido por 2 mil anos. A igreja durará por toda a eternidade e, porque é o instrumento de Deus para o ministério aqui na Terra, ela é realmente a maior força na face da Terra. Esta é a razão pela qual acredito que atacar os maiores problemas – os gigantes da carência espiritual, liderança egocêntrica, pobreza, doença e analfabetismo – pode ser feito somente através da Igreja. A Igreja tem oito vantagens distintas em comparação com os esforços dos homens de negócios e governo:1. A Igreja providencia uma participação maior. A maioria das pessoas não tem a menor idéia de quantos cristãos há no mundo: Mais de 2 bilhões de pessoas declaram ser seguidores do Jesus Cristo. Isto significa um terço da população mundial! A igreja tem mais ou menos um bilhão de pessoas a mais que toda a nação da China. Por exemplo, mais ou menos 100 milhões de pessoas nos Estados Unidos foram à igreja neste último final de semana. Isto é mais do que o número de pessoas que irão aos eventos esportivos nos Estados Unidos durante este ano inteiro. A igreja é a maior força do bem no mundo. Nada chega nem mesmo perto.2. A Igreja providencia uma distribuição mais abrangente. A igreja está em todos os lugares do mundo. Existem vilarejos que têm pouquíssimas coisas, mas têm uma igreja. Você poderia visitar milhares de vilarejos ao redor do mundo que não tem escolas, uma clínica, um hospital, bombeiro ou um correio. Eles não têm nenhum comércio. Mas eles têm uma igreja. A igreja está mais extensamente espalhada e distribuída do que qualquer franquia no mundo.Considere isto: A Cruz Vermelha percebeu que 90% das refeições servidas às vítimas do Furacão Katrina foram, na verdade, feitas pelas igrejas Batistas do Sul. Muitas igrejas foram capazes de agir mais rápido do que as agências do governo ou a Cruz Vermelha. Por quê? A igreja está literalmente em todos os lugares - os cristãos que puderam providenciar ajuda para a Costa do Golfo comunicaram-se com os cristãos que precisavam de ajuda e o socorro pôde ser enviado imediatamente.3. A Igreja providencia uma continuação duradoura. A igreja já existe por 2.000 anos. Nós não somos uma operação temporária. Ela tem registros que atravessam séculos: Líderes maliciosos que tentaram destruí-la, grupos hostis a perseguiu, e os céticos zombaram dela. No entanto, a igreja de Deus é maior agora do que jamais foi em toda a história. Por que? Porque é a igreja que Jesus estabeleceu e é indestrutível. A Bíblia chama a Igreja de reino inabalável. Em Mateus 16, Jesus fala: “Edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não poderão vencê-la”. Todos os poderes do inferno – em outras palavras, nenhum furacão, nenhum terremoto, nenhuma tsunami, nenhuma escassez de comida, nenhuma epidemia, nenhum exército jamais vai conquistar a Igreja estabelecida por Jesus Cristo.4. A Igreja providencia uma expansão rápida. Você sabia que todos os dias, 60 mil novas pessoas convertem-se e crêem em Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador? Ao final deste dia, milhares de novas igrejas serão abertas em todo o mundo, e isso acontecerá amanhã, no dia seguinte e no seguinte.Em um país fechado para missões cristãs tradicionais, mais de 60 mil igrejas reunidas em casas começaram em uma província pelo trabalho de pessoas leigas, não existindo diferença nenhuma das pessoas que enchem os templos de sua igreja todos os finais de semana. Se você tem um problema que está crescendo rapidamente, então precisa de uma solução que cresce mais rápido ainda. Por exemplo, HIV/AIDS está crescendo em uma velocidade incrivelmente rápida no mundo. Mas graças a Deus que a igreja está crescendo mais rápido do que a doença, então mais e mais cristãos podem ajudar a ministrar para aqueles com HIV/AIDS. (Rick Warren)Por que uma expansão rápida é importante? Se você tem um problema que está crescendo rapidamente, então precisa de uma solução que cresce mais rápido ainda. Por exemplo, HIV/AIDS está crescendo em uma velocidade incrivelmente rápida no mundo. Mas graças a Deus que a igreja está crescendo mais rápido do que a doença, então mais e mais cristãos podem ajudar a ministrar para aqueles com HIV/AIDS.Se vamos tratar de gigantes globais como pobreza, doenças ou analfabetismo, então temos que fazer parte de algo que cresce mais rápido que o problema. A igreja está fazendo exatamente isso!5. A Igreja providencia uma motivação maior. Por que fazemos o que fazemos em nossos ministérios? Não para ganhar dinheiro, não é para ter nosso nome conhecido e não por causa de uma obrigação para com a nação. Fazemos isso por amor. Jesus declarou isso como o Grande Mandamento: “Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu conhecimento e de todas as suas forças. O segundo é este: Ame o seu próximo como a si mesmo”. Nós não faríamos este trabalho difícil para tratar estes gigantes globais por dinheiro, fama, ou qualquer outra coisa assim. Simplesmente não valeria a pena, desistiríamos antes do final. Somos motivados a manter o duro trabalho do ministério porque amamos a Deus, e nosso amor por Deus nos compele a amar as outras pessoas. É o amor que nunca desiste; é o amor que continua avançando a despeito da aparência da impossibilidade; e é o tipo de amor que sobrevive a qualquer problema.6. A Igreja providencia uma autorização forte. Deus autorizou a igreja a enfrentar os gigantes globais, tais como carência espiritual, liderança egocêntrica, pobreza, doenças e analfabetismo. Com a autorização de Deus, os resultados serão de sucesso garantido. Quando você sabe que Deus o autorizou a fazer algo, não precisa se preocupar em fracassar, porque Ele não patrocina fracassos. Se Deus disser que faremos isso, então irá acontecer. É inevitável. Na verdade, a Bíblia nos ensina que Deus nos dará o seu poder para completarmos a tarefa. Esta é a maneira de Deus – pessoas comuns capacitadas pelo Seu Espírito.7. A Igreja proporciona uma administração muito simples. A Igreja é organizada de tal forma que podemos nos comunicar uns com os outros mais rápido e com menos burocracia do que a maioria das agências governamentais ou até mesmo instituições de caridade com boas intenções. Por exemplo, a estrutura organizacional de Saddleback, que é baseada no modelo do Novo Testamento, declara que todo membro é um ministro. Cada pessoa na família da nossa igreja é encorajada a usar a sua FORMA (Formação espiritual, Opções do coração, Recursos pessoais, Modo de ser, Áreas de experiência) para fazer o que Deus os chamou para fazer. E não existe burocracia ou hierarquia. Não há nem mesmo um único comitê, e o processo não requer uma lista longa de aprovação. A forma antiga de comando e controle não funcionará bem no século XXI. A organização do futuro é a “rede de comunicação.” E não há rede de comunicação melhor do que a Igreja, onde cada membro é um ministro, capacitado para fazer o que Deus quer que faça. O Plano P.E.A.C.E. Quer aprender mais sobre o plano histórico de Rick Warren para tratar dos gigantes globais da carência espiritual, liderança egocêntrica, pobreza, doenças e analfabetismo? Dê uma olhada no website do Propósitos para saber mais sobre Plano do P.E.A.C. E. Considere desta forma – milhares de cristãos em milhares de pequenos grupos que fazem parte da Igreja ao redor do mundo podem enfrentar estes gigantes globais, com a autoridade dada somente por Jesus Cristo. Em outras palavras, temos a permissão de Deus e temos a ordem de Deus para fazê-lo. Não existe razão nenhuma para pedir permissão para outra pessoa. 8. A Igreja prepara a conclusão de Deus. Considerando que acreditamos que a Bíblia é a Palavra de Deus, nós já sabemos o final da história. Jesus disse em Mateus 24: “E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim”. É necessário e inevitável.Quando você considera estas oito vantagens, pensa na explosão exponencial do ministério quando milhões e milhões de pequenos grupos em milhares e milhares de igrejas organizadas de tal forma que cada pessoa poderá fazer sua parte no ataque aos 5 gigantes globais.O que você acha que poderia acontecer se o povo de Deus orasse contra os gigantes globais, preparados para agir contra estes gigantes, e então, movidos pela fé, atacassem estes gigantes?Provavelmente olhamos para estes problemas e pensamos: “Estes são muito grandes! Que possibilidade há de solucioná-los?”. Mas com Deus, nada é impossível – e se todos nós trabalharmos juntos como Sua igreja, veremos estes gigantes serem derrotados assim como Golias foi quando enfrentou a obediência de Davi a Deus.Pastor, é um grande privilégio e uma responsabilidade muito grande ser o líder de uma igreja local. Deus não o colocaria onde você está se não acreditasse que pudesse lidar com os desafios diante de você. Você é parte vital no ataque a estes gigantes globais. E é meu privilégio ser um co-trabalhador com você.
publicado por pauloescriba às 08:00
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Setembro de 2007

Artigos sobre o Pastor Rick Warren -Igreja com Propósitos


Rick Warren prega para 100 mil pessoas na Coréia do Sul. Por Rheta Murry

Uma multidão!
100.000 pessoas, um número recorde de presença no Estádio da Copa do Mundo de Sangamdong, reuniu-se com Rick Warren durante a Conferência da Igreja com Propósitos.
Photo by Kyung-ho Song, courtesy of Christian Today Korea
SEUL, Coréia do Sul (PD) — Uma multidão lotou o Estádio World Cup em Sangamdong, Seul, na Coréia do Sul, na quinta-feira, 13 de Julho, mas não era um jogo de futebol que chamou a atenção deles. Foi Rick Warren e o Evangelho de Jesus Cristo que reuniram mais de 100 mil pessoas – mais do que o número de pessoas que estiveram na final da Copa do Mundo de 2002.
O encontro no estádio foi na segunda semana da viagem internacional de 30 dias de Rick Warren. No começo da semana, Warren ficou sabendo que seu encontro preparatório na Coréia do Norte fora adiado e poderia ser re-agendado no final da semana. Warren foi convidado para falar à uma audiência de 15mil pessoas no próximo ano. Embora a reunião para planejar este evento fosse adiada, o convite continua de pé, de acordo com Warren.
“Estamos orando para que se faça a vontade de Deus a respeito do convite; tivemos que ajudar a planejar a reunião que aconteceria em Pyongyang, Coréia do Norte, em Março”, Warren escreveu em seu blog. “Estamos entusiasmados com a possibilidade de pregar o Evangelho na Coréia do Norte, mas neste momento, não está claro se isso realmente acontecerá. Ore conosco para que a vontade de Deus seja feita”. Seu blog semanal é publicado no
www.rickwarren.com.
Pastor Rick Warren pregou para esta enorme audiência pedindo por um terceiro avivamento naquele país – um avivamento parecido com o de 1907 no Reavivamento de Pyongyang, que muitos dizem ter estabelecido a base do Cristianismo Coreano. De acordo com o Christian Post, Warren falou para aquela multidão que a Coréia do Sul é uma nação que recebeu muitas bênçãos materiais de Deus. Estas bênçãos devem ser compartilhadas com o novo avivamento que está por vir, acrescentou. De acordo com o artigo do Christian Post, a Coréia do Sul envia mais missionários do que qualquer outra nação, com exceção dos Estados Unidos. O estádio acomoda 65 mil pessoas.
“Mais ou menos 30 mil pessoas tiveram que assistir ao culto por um telão que foi colocado no estacionamento”, Warren escreveu em seu blog publicado no Domingo, 16 de Julho. “Foi o maior número de pessoas já reunido no estádio – até mesmo mais do que o número de pessoas que foram a final da Copa do Mundo em 2002!”
Pastor da igreja Saddleback e autor de inúmeros livros, Warren embarcará nesta viagem em meados de Junho para, conforme ele mesmo disse, “ver o que a igreja está fazendo lá e encorajá-los para a reforma que está por vir”.
“A reforma começa com um olhar moderno na igreja em todo o mundo, uma comunidade global de milhões de igrejas locais em todo o mundo,” escreveu Warren. “Isto significa que Deus vai usar pessoas simples como nós para transformar o mundo. Estou convencido disto e dedicarei o resto da minha vida para ver isso acontecendo.”
A seguir estão alguns destaques da viagem internacional de Rick Warren, extraídos do seu blog oficial e outras reportagens:
Warren e seu time passaram dois dias em Sidnei, Austrália, aprendendo e ensinando no Sydney SuperDome. Estima-se entre 15 a 20 mil pessoas participaram destas reuniões.
Na Malásia, o grupo conduziu as conferências “Uma Igreja com Propósitos” e “Uma Vida com Propósitos” para cerca de 2 mil líderes jovens. Eles encontraram um famoso líder de negócios, um homem que começou mais de 30 negócios. Este homem, durante o período da depressão, pegou uma cópia do livro Uma Vida com Propósitos e isto mudou sua vida. Ele decidiu guiar as pessoas de sua companhia pela experiência dos 40 Dias e muitos se converteram por isso. Agora, muitos deles estão compartilhando a mensagem de Cristo com outras pessoas.
Em Singapura, Warren falou em um banquete evangelístico para um pouco mais de 1000 líderes de negócios. Aproximadamente 60% eram não cristãos e muitos aceitaram Cristo. “Eu não sei quantos ainda. Mal posso esperar para saber!” Warren escreveu em seu blog publicado na sexta-feira, 7/Julho/2006.
Visite o site
www.rickwarren.com para mais informações sobre a viagem de Rick Warren a Ásia e África.
Web Site melhor visualizado no Internet Explorer
publicado por pauloescriba às 10:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Estudo do Tabernáculo de ...

. Estudo do Tabernáculo de ...

. Como ser usado por Deus n...

. ...

. Pr. Rick Warren-Como sonh...

. Pr.Rick Warren- Como ador...

. Artigo do Pr. Rick Warren...

. OS SETE LEMAS PARA VIVER-...

. IGREJA- A MAIOR FORÇA DA ...

. Artigos sobre o Pastor Ri...

.arquivos

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds