Sexta-feira, 5 de Outubro de 2007

AMAPÁ - URBANIZAÇÃO... À VISTA

Nem sempre foi assim, mas quem anda pelo bairro Amapá nos dias de hoje, através de sua artéria viária principal que é a estrada do Amapá, hoje apertada pelo congestionasmento desodernado pelos pedetres moradores e os carros e os caminhões de carga da exploração mineral de areia perto da região, não imagina que antes a localidade era um vila isolada tida como região no canto do quarto distrito de Duque de Caxias, e praticamente esuqwecida pelas autoridades governamentais, ainmda que municipal.
Hoje em dia alguns pontos do Amapá marca o pedigree´que o bairro está tomando a cada ano, ainda que lentamente devido ainda a falta de interesse de investir mais ainda no bairro. Dentre eles destaco: A praça do Amapá, a locadora da Ana e Marcelo que praticamente "bomba" todos os dias com sua frequência de jovens e afins e tem sído o point da localidade e lugar de referência.
Há ainda o comércio expressivo que a cada dia cresce na região tais como o mercado Kavasac que veio para fazer martca registrada no bairro, se não também submeter à sua concorrência comércio tradicional e antigo da localidade que era ponto de fidelidade de consumidores até antigo por falta de opção e melhores preços.
O lugar a cada dia cresce, com migração constante para o bairro. E um fenômeno que tenho observado é a migração expressiva de famílias e pessoas que vem das áreas do Rio de Janeiro e até das favelas, fugindo da violência e buscando uma alternativa de vida melhor neste lugar que ainda tem seu perfil semi-rural e que ainda preserva o ar puro do campo devido a sua proximidade com a Serra do Mar com sua exuberante Mata Atlântica. Isso tem gerado uma miscelândia de cultura e costumes diferentes que envolvem antigos patriarcas e clãs de famílias da localidade com seus costumes, a galera que trazem sua cultura e seu modo de viver e que se expressam no dia a dia com suas músicas diferenciadas e também como é forte em quase todos os Municípios, a presença de famílias nordestinas que é a sua maioría e é o grande contigente de migração de famílias para este bairro.
Topográficamente falando, o Amapá fica num vale numa área de 15km quadrados entre os rios Iguaçú e Capivarí, ainda contornado pelos diques quue foram abertos em torno dos rios para dar vazão das águas de enchentes de tempos de outrora e que levou o bairro Amapá a ser notícias em jornais do Estado devido algumas calamidades que aconteceram como a histórica enchente do ano de 1988.
Hoje, pelo serviço pela Internet do Map's Google é possível ver via-satélite toda a topografia local e praticamente divido o bairro em quatro micro regiões: O Alto Amapá propriamente dito que vai desde a área da Guaporé na beira do encanamento da Cedae até a jaqueira em direção sul e que demarca a area do chamado Loteamento que por sua vez tem as suas sub-divisões: Loteamento nôvo, para a época que foi construído, e a região da Pontaporã com seus vários loteamento também.
Há uma estatística de 14.ooo moradores no bairro e um fenômeno curioso: São 67 Igrejas e congregações evangélicas, o que demostra o fervor religioso do povo local. Isso póde ser visto quase que constantemente as noites em que grupos sobem o único morro do local, o chamado Morro do Zenon por ser a sede da antiga terras da fazenda doDr. Zenon e a Mata atrás dessa colina que ainda preserva as características de preservação ambiental onde o povo sobem para orar e fazer propósito de jejum e reuniões de oração com grupos de várias Igrejas local e até de fóra da comunidade.
Moro no Amapá já faz vinte e cinco anos e quando meus pais chegaram à comunidade estava ao fim de minha adolescência e ainda alcancei o bairro saindo de sua fase rural, e muitas das terras que hoje faz parte de loteamento local foram antigas fazendas e sítios do programa de reforma agrária dos anos 6o e que deu origem a localidade que a cada vez mais vai tomando forma de uma comunidade tipicamente urbana. A estrada BR493 está prevista para passar pelo bairro, o esperado Arco Rodoviário do Estasdo do Rio de Janeiro e isso é promessa de crescimento e empreendimento na região.
E nas póximas quatros semanas vou escrever no Blog em quatro capítulos a história dessse território que recebeu o nome de Amapá e revisitar a sua história.


Paulo Roberto, o escriba.
publicado por pauloescriba às 05:42
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Vai começar uma novela

. Já começou a novela

. Vai começar uma Novela

. História do bairro Amapá ...

. ...

. HISTÓRIA DOBAIRRO AMAPÁ

. A minha versão sobre a Hi...

. História do Amapá- Parte ...

. História do Amapá - Part...

. História do Amapá-Parte I

.arquivos

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds